Notícias / Mato Grosso

10/07/2024 - 15:24

Marinha do Brasil em Mato Grosso troca de comando nesta quinta-feira

Por João Arruda/Jornal Cacerense

Jornal Cacerense

 (Crédito: Jornal Cacerense)
Sob a presidência do almirante Alexandre Nunes Amendoeira, atual comandante do 6° Distrito Naval com sede em Ladário,  no Mato Grosso do Sul, a Capitania dos Portos de Mato Grosso,  terá novo comando,  a solenidade ocorrerá nesta quinta feira (11.07), em Cuiabá as 10 horas,  quando assumirá o capitão de fragata Carlos Eduardo Corrêa,  que substituirá o laureado fragata Jorge Henrique Corrêa de Sá.  

Com um ditado pantaneiro o povo mato grossense,  celebra a promoção de Corrêa de Sá e chegada a calorosa Cuiabá de Alexandre Corrêa,  " do couro sai a Correa,  se faltar Santana, intera ".,numa das referências de saudações à quem pisa o solo do Arrayal do Senhor Bom Jesus de Cuyaba,  atual Cuiabá. 

Correa de Sá,  foi promovido para compor o Estado Maior da Armada Brasileira, enquanto seu sucessor é oriundo dessa mesma Organização Militar. 

À abrangência jurisdicional atinge todo o Mato Grosso,  com três agências fluviais em Sinop comandada pelo oficial Renato Rosa;  Nilson Carvalho Bandeira chefia de São Félix do Araguaia e o capitão Magno Luís de Moura, que é o agente da secular Capitania dos Portos de Mato Grosso,  em Cáceres,  uma das mais antigas do país, atual Agência Fluvial de Cáceres, cujas de Magno são bastante destacadas à exemplo de seus antecessores BrunoArruda; Estanislau e Sérgio Sales. 

Magno,  aproximou à sociedade civil com a Marinha do Brasil,  com o devido respaldo dos seus superiores . 
À Marinha no Mato Grosso,  fez um simpósio em Sinop,  sobre a importância das hidrovias e deste estado  como  maior produtor de grãos,  algodão,  rebanho bovino, minério. Além de abrigar o Pantanal em seu território. 

No seminário o decano engenheiro especialista em hidrovias Adilson Reis,  que membro efetivo da Sociedade Amigos da Marinha,  foi o palestrante de destaque,  discorreu sobre seu amplo conhecimento no tema.
No comando do almirante Alexandre Nunes Amendoeira,  o Navio Piquiri de Cáceres,  está atuando no apoio as equipes que combatem incêndios na planície pantaneira. O Piquiri,  também transporta cestas básicas para as aldeias indígenas de Guató e  Piriraga, ambas localizadas em áreas de difícil acesso. ( João Arruda é jornalista em Cáceres)

Comentários

inserir comentário
1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Gil, em 10.07.2024 às 16:01

    Meu filho João Vitor De La Fuente Goltara Gil, recentemente promovido a capitão tenente Goltara, pelo então Corêa de Sá que deixa a unidade da marinha de MT

 
Sitevip Internet