Notícias / Polícia

10/07/2024 - 15:08

Polícia Civil cumpre prisão de investigado por violência doméstica em Cáceres

Por Assessoria | Polícia Civil-MT

Assessoria

 (Crédito: Assessoria)
Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), prenderam nesta quarta-feira (10.07) um homem investigado por violência doméstica e familiar.

O suspeito de 28 anos teve a ordem de prisão preventiva expedida pela Justiça, pelos crimes de descumprimento de medida protetiva de urgência, perseguição e ameaça contra a ex-namorada de 34 anos.

No dia 10 de junho a vítima procurou a DEDM de Cáceres para solicitar as medidas protetivas pois vinha sofrendo ameaçada de morte e estava com muito medo do ex-companheiro.

No entanto, mesmo ciente das determinações judicias impostas em conformidade com a Lei Maria da Penha, o homem continuou ameaçando a ex-mulher.

A delegada da DEDM de Cáceres, Paula Gomes Araujo, então representou pela prisão preventiva do suspeito, autorizada pela 2ª Vara Criminal da Comarca local.

Com o mandado judicial, os policiais civis realizaram a prisão do investigado no seu local de trabalho. Ele foi conduzido para a delegacia, interrogado e encaminhado para audiência de custódia ficando à disposição da Justiça.

Conforme a delegada Paula Gomes Araújo, no 1º semestre de 2024 a delegacia especializada já cumpriu 15 mandados de prisão preventiva contra autores de violência doméstica e familiar.

“Esse número supera o mesmo período do ano de 2023, sendo resultado do comprometimento, dedicação e esforço de toda equipe, visando reduzir os índices de crimes contra a mulher na região de Cáceres”, destacou a delegada da DEDM.
 

Comentários

inserir comentário
0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet