Notícias / Direto da Fonte

10/06/2024 - 11:45 | Atualizado em 10/06/2024 - 12:45

Fato novo

Por Da Redação

Conversei com Marcinho Lacerda na semana que passou e ele me disse que o MDB, que tem como pré-candidato a prefeito de Cáceres, Vicente Palmiro, quer fazer uma aliança com PSD do primo Irajá Lacerda, e com a Frente Brasil da Esperança formada pelo PT, PC do B e PV. Esta aliança seria parte de um acordo que levaria o MDB de Cuiabá a apoiar a pré-candidatura de Ludio Cabral, tendo a médica Natasha Slhessarenko do PSD de vice. O projeto surgiu após uma pesquisa de consumo interno colocar Vicente a frente de James Cabral (PT) e Leandro dos Santos (PSD). Dois outros fatores também pesam em favor da aliança. O financeiro e o fato de Vicente nunca ter disputado um cargo público. Eu particularmente achei a ideia excelente e acho que ela salva todos. Salva o Leandro que não decolou e vai ter que ir a reeleição senão será apagado do mapa político de Cáceres. Salva o Irajá Lacerda de bancar um vexame. Salva o James, que já está sendo criticado até pelo RDNEWS por querer concorrer ao mesmo tempo que o irmão em Cuiabá e Salva também o vereador Flavio Negação e por tabela Marcinho Lacerda que pode voltar à Câmara onde chegou a ser presidente. Só me esqueci de lembrar ao Marcinho que para dar certo, essa construção tem que ser iniciada em Cáceres e não em Cuiabá com os caciques. Ainda sobre o Vicente, ele me respondeu uma mensagem sobre a coluna anterior, e me garantiu que não recua do projeto de concorrer à prefeitura de Cáceres. A sondagem qualitativa para avaliar o Vicente, trouxe uma dado que eu já havia citado aqui em ocasiões anteriores. Ele está tirando eleitores de Francis.
Nenhuma descrição de foto disponível.
 
Sergio
 
Quem também me garantiu que não recua é Sergio Arruda do PP. Meteu a mão no bolso e está contratando cobras criadas para lhe assessorar. Contratou Roberto Cirineu que ainda não ganhou uma ação que moveu até agora. E nos próximos dias quem estará em Cáceres, é um dos ‘aviões’ da política de Mato Grosso, o marqueteiro Antero de Barros. Conversei com apoiadores de Sergio Arruda e vi que eles estão encantados com a animação do pré-candidato ao ponto de viajarem na maionese de que ele estaria à frente do ex-prefeito Francis Maris (PL), em sondagem de consumo interno. Pode vir a estar, mas nesse momento ainda não. Para estar à frente de Francis, Sérgio vai ter que gastar e contratar ‘os malas da política’, que pedem voto por dinheiro. Já está com uns, mas precisa tirar os que ainda podem ir com Francis. Ai fica competitivo, só tem que ter cuidado com a picada da mosca azul.
Pode ser uma imagem de 1 pessoa e sorrindo
 
Francis
 
Sempre afirmei a interlocutores políticos de Cáceres, que se o ex-prefeito Francis Maris (PL), enxergar que pode perder a eleição para sua ex-vice, ele recuaria da disputa. Pois bem, ele já está convencido de que se saírem seis candidaturas, a prefeita ganhara mais quatro anos de mandatos. Desse modo, Francis já começou a construir um discurso para balizar seu recuo. Tem dito em rodas que topa qualquer composição para não deixar Eliene ganhar. O problema é que ninguém quer compor com ele. Sergio Arruda já está moendo ele no cacete. Marcinho Lacerda já trabalha para levar Vicente para a centro esquerda. Lembrando que se Francis recuar, o PL e o PRD não têm candidatos capazes de salvar as chapas de vereadores.
Pode ser uma imagem de 1 pessoa e texto
 
Fracos
 
Um episódio da semana passada mostrou o quanto a maioria dos pré-candidatos a prefeito de Cáceres são fracos e oportunistas. Francis Maris(PL), Sergio Arruda (PP), Leandro dos Santos (PSD), Marcos Ribeiro PSD e até o ‘cara de pau do ano’, usaram um vacilo da prefeita Eliene Liberato Dias (PSB), para fazer politicagem. Parabéns ao Vicente Palmiro (MDB) e ao James Cabral (PT) que estão muito acima destes que citei. Político que presta aponta erros e sugere soluções. Com esse estratégia, vão levar peia em outubro, anotem ai.
 
Positivo
 
A notícia de que a advogada e médica Debora Pacheco (PP) estaria sendo cotada para ser vice de Sergio arruada (PP), foi bem recebida no meio político de Cáceres. Inclusive ofuscou até o anuncio da eventual vice de Francis Maris (PL), Ivone da Casa São Paulo que se fiou ao PRD. Debora é cacerense, filha do ex-vereador Jomar Quida e sobrinha do suplente de vereador Pacheco Cabelereiro (PP), que tem um acordo para assumir em breve a Câmara de Vereadores. Ele inclusive pode ficar no cargo até o final do ano caso o titular Luiz Landim (UB), saia vitorioso como eventual candidato a vice da prefeita Eliene Liberato Dias(PSB).
 Pode ser uma imagem de 1 pessoa e texto que diz "Dra Débora bor a"
Já era
 
O Republicanos deu um prêmio de consolo ao ex-reitor da Unemat, Taisir Karin, que se filiou a legenda de olho na vaga de vice em uma eventual chapa de reeleição da prefeita de Cáceres. Taisir agora é presidente do partido que foi engolido em uma aliança do UB do governador Mauro Mendes com a prefeita Eliene. Ao invés de ficarem em grupos de whatasapp fingindo que estão colocando a faca no pescoço da prefeita, porque Republicanos não entrega os cargos que tem na prefeitura e no Estado?
Pode ser uma imagem de 12 pessoas
 
Vereadores
 
Animados com a projeção de renovação de mais de dois terços da Câmara de Cáceres, muitos pré-candidatos já estão fazendo campanhas intensas. No PP, Odenir Nery e Jorge Augusto todo o dia estão um evento. Odenir já assumiu na condição de suplente mas nunca consegui se eleger. Já Jorge, atuou muito anos na equipe vitoriosa do ex-vereador Alvasir Alencar. Quem tem andado muito, inclusive a cavalo, e o colega e ex-vereador Edmilson Campos que está no Republicanos. Por falar em colega, João Arruda me disse que vai concorrer de novo. Outro que está muito bem é o ex-secretário de Obras, Wesley Lopes. Se eles estão bem assim, imagina se tivessem frequentando o cursinho para pré-candidatos que está sendo ofertado pelo ‘veio da lancha’.
Pode ser uma imagem de 1 pessoa, cavalo, botas e texto que diz "café cavalo Marimbondo no Bule eo Às 11:45 h no SBT Facebook: tv descalvados"
 
Fraquinho
 
Muita gente não sabe, mas o ex-prefeito de Cáceres, Francis Maris (PL), esteve deputado estadual duas vezes na condição de suplente e não arrumou um sacolão para a prefeitura de Cáceres junto ao governo do Estado. Perdeu tempo apresentando projetos e indicações que mostram a falta de conhecimento político em relação ao Estado. Um exemplo foi uma Lei apresentada em 10 de abril, que obrigado a Unemat a ofertar ensino a distância de forma gratuita. Alguém precisa dizer a ele que Unemat além da autonomia constitucional, já oferta esses curso em parcerias com prefeituras há pelo menos 20 anos.

Pode ser uma imagem de texto
 
Show
 
O bairro Vitória Régia em Cáceres virou referência cultural. A mudança se deve atuação do presidente do bairro, jornalista Joner Campos. Pela segunda vez, ele realizou um grande evento cultural e desta feita com o show nacional da dupla Edy Birro e Samuel, além de artistas locais. Além de levar uma grande público praça do bairro, o evento movimentou a economia da cidade, especialmente dos moradores da região. Movimentou o comercio formal e informal, inclusive gerando empregos direitos e indiretos. O evento viralizou nas redes sociais com as performances de Claudia Velasquez e de um anão.

Pode ser uma imagem de 3 pessoas

Comentários

inserir comentário
0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet