Notícias / Direto da Fonte

08/01/2024 - 12:15

Sortudo

Por Da Redação

Reportagem veiculada neste domingo, 7, no site RDNEWS confirma o que venho escrevendo na Coluna há dias. O ex-deputado federal doutor Leonardo (Republicanos) é hoje o fiel da balança na pré-campanha a prefeito de Cáceres em outubro próximo. Mesmo não tendo grupo político e o seu partido estar fazendo parte da gestão com o vice-prefeito Odenilson Silva, um fator político o está empurrando para o pleito. No meio do ano que vem o vice-governador Otaviano Pivetta, que é do partido de Leonardo, deverá virar governador definitivamente com a renúncia de Mauro Mendes para concorrer ao senado. Como o partido do governador, o União Brasil não possui um pré-candidato a prefeito em Cáceres, e se a prefeita Eliene Liberato Dias (PSB), não for para o partido do governador, Leonardo deverá ser o candidato de Mauro Mendes e Pivetta. A coisa está tão boa para Leonardo, que ele pode inclusive realizar o sonho de ser prefeito de Cáceres, de uma outra forma simples e barata. Basta que o Republicanos substitua o vice, Odenilson Silva na chapa de reeleição de Eliene, que se vencer, deverá renunciar no meio do mandato para concorrer a deputada estadual. A coisa está tão favorável para Leonardo, que o cavalo vai passar encilhado duas vezes na sua frente, bastando apenas montar.
 
Alegria
 
Quem está comemorando o lançamento da pré-candidatura de doutor Leonardo (Republicanos) para prefeitura é a equipe da prefeita Eliene Liberato Dias (PSB). Quanto mais candidatos saírem para disputar a prefeitura este ano, melhor para ela. Aqui não tem segundo turno, então, ela não precisa ter a maioria dos votos, basta ter mais que os demais concorrentes. E, por isso, quanto mais saírem, mais dividem votos, enquanto ela tem a máquina na mão.
 
Desdobramentos
 
Se por um lado a candidatura de Leonardo ajuda a pulverizar votos, o que é bom para a reeleição de Eliene, por outro, tira dela um importante aliado, o deputado Valmir Moretto (Republicanos) e também parte do apoio do Governador Mauro Mendes (UB). Eliene contava, até quinta-feira passada, com o apoio de Moretto e Max Russi (PSB) para sua reeleição. Para tanto, a vaga de vice continuaria sendo do Republicanos. Caso se confirme a candidatura de Leonardo, Eliene terá que fazer uma manobra para a esquerda, trazendo como vice alguém da Federação Brasil da Esperança, composta pelos partidos PT, PCdoB e PV.
 
Recomposição
 
Aliás, nos meios políticos já é um consenso que a candidatura da Federação é a única que preocupa Eliene. Enquanto Francis, Vicente, Leonardo e Leandro estão dividindo opiniões entre a direita, uma candidatura do PT só tira votos da própria Eliene. Caso se confirme o cenário de candidatura própria do Republicanos, uma saída seria Eliene trazer para sua chapa o vereador Cézare Pastorello (PT) como vice. Pastorello tem uma atuação de destaque na Câmara e não seria um vice-prefeito de enfeite. A outra opção, é o presidente da Câmara, Luiz Landim do PV, que também faz parte da federação.
 
Câmara
 
Na semana passada, no legislativo cacerense houveram duas mudanças. O vereador Flavio Negação (UB), abriu espaço mais uma vez para o suplente Thomas Canellas. Virou vereador em pleno recesso parlamentar. A outra mudança foi o retorno, esperado, de Domingos dos Santos em lugar de Jeronimo Gonçalves. Uma fonte da Coluna na Câmara revelou que Jeronimo não gostou de perder o cargo e saiu atirando, inclusive anunciando sua desfiliação do PSB presidido pela prefeita Eliene Liberato Dias. A justificativa que ele usou para sair não colou. Bolsonarista fanático radical da chamada ala ‘Deus, pátria e família’, disse que deixou o PSB pôr o partido estar no governo Lula. Por quê que ele não saiu quando o PSB aceitou ser vice de Lula?
 
Malas
 
O assunto do momento dos bastidores políticos de Cáceres, são as pesquisas fajutas que estão sendo produzidas pelos malas ligados ao médico fazendeiro Vicente Palmiro e os babadores do ‘cara de pau do ano’. Expirados nos malas do Bebezão, os malas de Vicentinho criaram e esparramaram nos grupos, uma pesquisa fajuta sem valor jurídico eleitoral mostrando o filho de Vicentão com quase 50% de intenções para prefeito, um piada de muito mal gosto. Não se importando em fazer propaganda política extemporânea, que é um crime fácil de denunciar e provar, os dois grupos entraram em uma ridícula guerra virtual. Não é à toa que são considerados a quarta divisão da política da cidade.
 
Cilada
 
Todo dia sai de casa um esperto e um otário. A felicidade do esperto é quando eles se encontram. O vereador professor Leandro dos Santos (UB), que está indo para o PSD, está usando uma jogada velha, mas que funciona. Com dificuldade de juntar candidatos para compor as 16 vagas na chapa de vereadores, lançou seu nome como pré-candidato a prefeito. Na sanha de conseguir votos de legenda e sonhando com um dindim do ‘Rasgando Dinheiro Lacerda’, está indo com uma alcateia de candidatos para o partido. Quando chegar em junho, Leandro sai candidato a vereador e garante a reeleição.
 
Contas
 
Na semana passada, o Ministério Público Eleitoral recomendou a reprovação e multa nas prestações de contas de campanha de mais três que concorreram por Cáceres na última eleição, desta feita para deputado federal. O MPE que já havia feito o mesmo com as candidatos a estadual de Takao Nakamoto, Valdeníria Dutra Ferreira e Francis Maris, agora apontou irregularidades nas prestações de contas de Túlio Fontes, Doutor Leonardo e sargento Gualterney. Há dois caminhos para não ficarem inelegíveis. Fazer ajuste ou recolher a multa.
 
Cagados
 
A extrema direita de Cáceres está igual guri cagado, quieta, aguardando o desenrolar das investigações do quebra-quebra de 8 de janeiro passado. Hoje faz um ano que um bando de teleguiados foi à Praça dos Três Poderes tentar criar uma situação para forçar um golpe. A maioria dos teleguiados foi presa, e os financiadores, muitos de Mato Grosso, começam a ser guardados pela PF. A verdade é que a polícia já tem todos os nomes, os PIX e as transferências. Mas, como crime contra a democracia é imprescritível, não tem pressa. Graças aos ‘portadores de necessidades especiais’, Fabrizio Cisneiros e José de Arimatéia, em breve a Policia Federal vai divulgar os nomes do pessoal de Cáceres que financiou o acampamento em frente ao quartel e a viagem para destruir a capital do País. Tem gente da Avenida São Luiz, General Osorio, Padre Casemiro e Domervil Faria, que hoje o ‘az de copas’ não passa nem sinal de wifi.

Comentários

inserir comentário
1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por rosa, em 08.01.2024 às 15:46

    Leonardo esta finado em Cáceres, grupo politico dele não existe, Jonas e Sato são gente boa o resto é só mala da velha politica. duvido ele ser vice de Eliene ate pq o republicanos já tem a cadeira de vice. acreditar que ela vai deixar ele de vice para ser candidata a estadual isso é esperar neve em Cáceres ate pq Francis já fez essa promessa para Eliene e não fez ainda lançou Paulo Donizete para atrapalhar. melhor lugar para Leonardo se levantar era assumir o São Luiz e fazer o trabalho igual fez no postinho do COHAB nova né e garantir a estadual na próxima com grupo novo

 
Sitevip Internet