Notícias / Politica

30/04/2009 - 00:00

Câmara de Vereadores promove Audiência Publica hoje em comemoração ao Dia do Trabalhador

Por Jornal Oeste

Gonzaga Júnior Da Assessoria Por iniciativa do vereador Alonso Batista (PT), a Câmara de Cáceres realiza hoje, 30, a partir das 19h, no plenário Hênio Maldonado, uma Audiência Publica para marcar o Dia do Trabalho, comemorado em todo mundo na sexta-feira, 1. O evento reunirá dezenas de entidades que representam os trabalhadores, a sociedade organizada e as entidades que compõem o Fórum de Luta das Entidades de Cáceres (FLEC). O ato também deve contar com participação maciça de servidores públicos, que tradicionalmente possuem um nível maior de organização. O evento ainda deverá ter adesão de representantes dos diversos movimentos sociais existentes na cidade. “Estamos fazendo uma grande mobilização porque entendemos que a data é oportuna para avaliarmos a situação dos trabalhadores em todos os níveis”, ressaltou o vereador. Ao justificar sua indicação, Alonso Batista disse que a Audiência será uma grande oportunidade para se discutir a situação do trabalhador cacerense, suas conquistas e anseios. Para o vereador, o ato também será uma oportunidade para identificar o nível de organização dos trabalhadores. Ainda segundo o parlamentar, o evento servirá para troca de informações, sobre tudo, com relação às leis que protegem e beneficiam os trabalhadores. Dia do Trabalho O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios. A História do Dia do Trabalho remonta o ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago (Estados Unidos). No dia 1º de maio deste ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Neste mesmo dia ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral dos trabalhadores. Dois dias após os acontecimentos, um conflito envolvendo policiais e trabalhadores provocou a morte de alguns manifestantes. Este fato gerou revolta nos trabalhadores, provocando outros enfrentamentos com policiais. No dia 4 de maio, num conflito de rua, manifestantes atiraram uma bomba nos policiais, provocando a morte de sete deles. Foi o estopim para que os policiais começassem a atirar no grupo de manifestantes. O resultado foi a morte de doze protestantes e dezenas de pessoas feridas. Foram dias marcantes na história da luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho. Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional Socialista, ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889, criou o Dia Mundial do Trabalho, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano. Aqui no Brasil existem relatos de que a data é comemorada desde o ano de 1895. Porém, foi somente em setembro de 1925 que esta data tornou-se oficial, após a criação de um decreto do então presidente Artur Bernardes. Fatos importantes relacionados ao 1º de maio no Brasil: - Em 1º de maio de 1940, o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo. Este deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer). - Em 1º de maio de 1941 foi criada a Justiça do Trabalho, destinada a resolver questões judiciais relacionadas, especificamente, as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores.
 
Sitevip Internet