Notícias / Politica

14/05/2022 - 08:53

Ex-prefeitos desistem e enfraquecem Republicanos

Por Folha Max

Folha Max

 (Crédito: Folha Max)
A chapa do Republicanos sofreu um duro golpe na pretensão de eleger deputados federais em Mato Grosso. 

Dois nomes de peso, os ex-prefeitos de Rondonópolis e Nova Mutum, Adilton Sachetti e Adriano Pivetta, respectivamente, decidiram não concorrer a Câmara dos Deputados, enfraquecendo a chapa e reduzindo drasticamente as chances de eleger, ao menos, um representante no Estado. 

Serão necessários uma média de 180 mil votos e o partido apostava em Sachetti e Pivetta para deslancharem em votos, principalmente em municípios com vocação agrícola. 

Dos nove candidatos que disputarão a Câmara Federal, consta a relação do deputado federal Leonardo Albuquerque, o ex-vereador por Cuiabá, Felipe Welaton, o ex-deputado estadual Zeca Viana e o delegado da Polícia Civil Flávio Stringueta. 

Comentários

inserir comentário
1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Paulão, em 14.05.2022 às 12:54

    Nossa opção Túlio Fontes, todos sabemos que aqui Leonardo tornou-se turista, só aparece fazendo pose em redes sociais. Como estadual passou quatro anos procurando culpado seguindo passo de Taques, pra Cáceres quando estadual foi um fiasco, agora pega o troco. Deus tarda mais não falha.

 
Sitevip Internet