Notícias / Cidade

13/02/2022 - 07:43

Moradores da comunidade do Limão estão sendo alertados para nova grande enchente nos próximos dias

Por Sinézio Alcântara

Arquivo

 (Crédito: Arquivo)
 Antes mesmo de se recuperarem dos transtornos causados pela enchente do rio Jauru que inundou a comunidade, deixando casas alagadas e famílias desabrigadas, moradores do distrito do Limão, a 50 quilômetros de Cáceres, já estão sendo alertados para um novo mar de água que se aproxima da região.
     
Informações, através de um grupo de WhatsApp, de moradores, proprietários de ranchos e fazendas, localizados às margens do rio, nas proximidades dos municípios do Jauru, São José dos 4 Marcos e Porto Esperidião, dão conta de que, choveu cerca de 500 milímetros na região da cabeceira.

    E, o volume de água, conforme os contatos, é maior do que inundou o município de Porto Esperidião e, em seguida, a comunidade do Limão, na semana passada. Explicam que, que dessa vez, a enchente poderá ser ainda maior, porque a área já está tudo alagada.


     
Pela velocidade da correnteza, a previsão, conforme os contatos, é de que o “dilúvio” chegue na comunidade do Limão, entre domingo e terça-feira. O alerta é para que, os moradores se previnam.
 
    “Nós estamos com medo. Se da primeira vez já causou danos. Imagina se vier mais água ainda. Algumas famílias agora que estão voltando para” disse uma moradora. A preocupação maior, conforme os contatos, é de que a água possa alcançar o asfalto e interromper o trafego de veículos.
Por outro lado.

    Por outro lado, a direção da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) emitiu uma informação de que o volume de água no rio Jauru não decorre de abertura de comportas de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) como está sendo comentados.

    Explica que “para evitar os prejuízos acarretados pela construção de hidrelétricas tradicionais, foram criadas as usinas a fio d’água, opção mais sustentável que não utiliza grandes reservatórios de água, reduzindo a estrutura das barragens e a dimensão dos alagamentos”.

Comentários

inserir comentário
0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet