Notícias / Cidade

11/01/2022 - 04:45

Idosa atropelada no centro de Cáceres não resiste e morre

Por Pedro Miguel

Na manhã desta segunda feira, (10), por volta das 10Hs, a Polícia Militar foi acionada via CIOSP para atender uma ocorrência de acidente de trânsito ocorrido na Rua Cmt. Balduíno, no centro da cidade.

Após a solicitação a rádio patrulha imediatamente fpi até o local indicado e constatou a veracidade dos fatos, encontrando o condutor da moto envolvida no acidente, sendo uma Biz de cor preta, o cidadão de iniciais E.C.P. de 39 anos, perguntado sobtre o acidente o mesmo relatou que no momento do acontecido trafegava pela referida via, sentido Centro/Bairro e quando passava próximo a padaria tulipa, de repente a senhora atravessou a rua, não havendo tempo hábil de frenar e evitar o atropelamento, onde senhora sofreu escoriações pelo corpo, sendo socorrida pela guarnição do Corpo de Bombeiros e encaminhada até o hospital regional para receber cuidados médicos.

Após ouvir o relato do condutor da moto, os policiais imediatamente foi até a referida unidade de saúde e lá a senhora envolvida no acidente foi identificado como sendo Joana Aguilar Prado, de 78 anos, porém, não foi possível ouvir a sua versão do acidente em virtude da mesma estar passando por atendimento médico.

Diante da situação foi registrado o boletim de ocorrência.

*Tristeza

Há pouco tempo atrás, por volta das 20Hs, recebemos uma informação que infelizmente a senhora Joana Aguilar Prado não resistiu aos ferimentos em decorrência do atropelamento e veio óbito.

Familiares e amigos usaram as redes sociais para lamentarem a tragédia, dona Joana era uma pessoa incrível, trabalhadora, honesta e de muitos amigos.

Nossos sinceros sentimentos de pesar a toda família.

Comentários

inserir comentário
2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Marina Vicente, em 11.01.2022 às 11:38

    Mais uma vida ceifada no trânsito de Cáceres. Deve-se fazer mais campanhas in loco nas ruas para a utilização correta das faixas de pedestres. Muitas vezes vemos pedestres atravessando as ruas fora das faixas de pedestres. Às vezes quer atravessar a rua em frente o comércio que pretende ir, porém sem perceber que deve atravessar pela faixa de pedestres, na qual lhe dá mais segurança e continuar o seu destino até o local desejado sem precisar se arriscar. Até por que se estiver atravessando na faixa é obrigação do motorista parar. Nesse caso como a reportagem colocou foi difícil evitar o acidente! Ah, detalhe, e uma sugestão: utilizarem uma tinta de boa qualidade para pintar as faixas de pedestres. Pinta num dia e no outro já não existe mais! Daí fica difícil para os transeuntes das vias públicas tanto motoristas, como pedestres ter visibilidade das faixas e seguir seguros pelas ruas!

  • por BETO, em 11.01.2022 às 09:18

    DONA JOANA MUITO QUERIDA , PORÉM OS ERROS DE PORTUGUÊS DA MATÉRIA CHOCAM.

 
Sitevip Internet