Notícias / Politica

14/09/2021 - 13:32

Vereador Marcos Ribeiro apresenta Projete de Lei para desburocratizar ações da prefeitura

Por Assessoria

Assessoria

 (Crédito: Assessoria)
Na última sessão da Câmara de Cáceres, o vereador Marcos Ribeiro (PSDB), apresentou um Projeto de Lei, assinado também pelos colegas Isaias Bezerra (Cidadania) e Pastor Júnior (Cidadania).
 
Entre outras propostas estão as que acabam com a exigência de reconhecimento de firmas em documentos e autenticação de copias de documentos. Eles querem que a prefeitura passe a aceitar certidão de nascimento no lugar da carteira de identidade.
 
Na mesma sessão, o parlamentar apresentou duas indicações.
 
Na primeira pede a instalação de placas de sinalização nas pontes da localidade do Facão. Ele justificou o pedido usando como exemplo o acidente que tirou prematuramente a vida do engenheiro Mauro Filho recentemente.
 
Na segunda indicação, pediu a prefeitura que estude a possibilidade de construção de uma Unidade Básica de Saúde no Bairro Santo Antônio.
 
Ele justificou o pedido alegando que a região é muito extensa e precisa se descolar até a UBS do bairro de Vitória Regia quando precisa de atendimento.

Comentários

inserir comentário
2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por BOTELHO PINTO, em 14.09.2021 às 16:34

    O VEREADOR MARCOS, SUA IDEIA E MUITO BOA EM DESBUROCRATIZAR O SERVIÇO PÚBLICO, PORÉM A CERTIDÃO DE NASCIMENTO ELE DÁ SUPEDÂNEO PARA QUE O CIDADÃO AO NASCER TENHA O SEU REGISTRO PARA DAI TER OS DEMAIS DOCUMENTOS, OS DOCUMENTOS PARA SEREM A APRESENTADOS NOS ORGÃOS PÚBLICOS TEM QUE IDENTIFICAR TEM QUE TER FOTO PARA VERIFICAR SE TRATAR DA PESSOA QUE PLEITEIA O SERVIÇO PÚBLICO, QUANTO A AUTENTICAÇÃO DE DOCUMENTOS PODE SER FEITO PELO SERVIDOR PÚBLICO QUE TEM FÉ PÚBLICA EM CONFRONTAR COM O DOCUMENTO ORIGINAL APOR O CARIMBO DO ORGÃO E APOR A SUA ASSINATURA NO DOCUMENTO DA CÓPIA REPRODUZIDA. SEM NECESSIDADE DE AUTENTICAR NO CARTÓRIO. ISSO ERA FEITO POR UM GERENTE FAZENDÁRIO DA AGENFA DE CÁCERES A ANOS ATRÁS. E FOI ACATADO POR TODOS OS SEUS CHEFES SUPERIORES SEM TER SOFRIDO QUALQUER SANÇÃO ADMINISTRATIVA. PROPOE ISSO AI. SERÁ UMA RENOVAÇÃO NO SERVIÇO PÚBLICO. OS CARTÓRIOS JÁ ESTÃO GANHANDO MUITO.

  • por Roberto Farias, em 14.09.2021 às 15:25

    quanta inutilidade nesse legislativo,e de envergonhar qualquer cidadão pagador de impostos

 
Sitevip Internet