Notícias / Direto da Fonte

16/11/2020 - 16:31 | Atualizado em 16/11/2020 - 17:05

Culpado

Por Da Redação

Provérbios 16:18, diz: ‘A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda’.  Já Provérbios 10:3, completa: ‘O Senhor não deixa o justo passar fome, mas frustra a ambição dos ímpios’. Faço as citações acima, pois elas resumem a humilhante derrota do prefeito de Cáceres Francis Maris (PSDB). A soberba e a ambição o cegou ao ponto de cair em uma armação do seu maior aliado. Com a mesma soberba e ambição do chefe, Junior Cezar Dias Trindade, se juntou a um grupo de secretários e coordenadores leais e, arquitetou um plano. Para garantirem emprego na prefeitura, o grupo liderado por Trindade convenceu o prefeito a ‘colocar a faca no pescoço’ da vice-prefeita Eliene Liberato Dias (PSB), para que ela aceitasse Paulo Donizete (PSDB), como candidato a vice. No primeiro momento, pressionada, Eliene disse ao prefeito que ia avaliar, porém ao iniciar a busca de apoio descobriu que se fechasse uma chapa pura governista poderia não ganhar justamente pelo desgaste da gestão. Nas conversas com futuros aliados, Eliene afirmou que a vaga de vice em sua chapa estava aberta. Maquiavélico, Júnior Trindade relatou o fato ao prefeito Francis Maris (PSDB), que revoltado intimou Eliene. Ela confirmou que estava conversando com outros partidos sobre vice e que Paulo não teria o peso necessário para a disputa. Na hora o prefeito caiu na armação de Junior Trindade e disse que iria lançar seu próprio candidato e que era para Eliene se virar sozinha. O passo seguinte do plano de Júnior Trindade foi saciar a ambição de dirigir a Águas do Pantanal. Mas para isso, ele teria que usar o seu grupo para convencer o prefeito a lançar Paulo Donizete como candidato a prefeito do grupo. Bingo, o prefeito caiu na armação e Trindade realizou seu plano. Estou contando essa história para justificar a derrota governista e apontar os responsáveis. O prefeito perdeu pela soberba, porém foi induzido a isso por Júnior Trindade, para mim o maior responsável pela derrota do grupo.
 
Líder
 
Ao juntar 13 partidos e a maioria das forças políticas de Cáceres em torno do seu nome, a potiguar Eliene Liberato Dias (PSB), não só entrou para a história como a primeira mulher a se eleger prefeita da cidade, como se tornou a maior líder politica de Cáceres. Está nas mãos dela a partir de hoje a articulação para eleição de deputado estadual e federal em 2022. Para que isso ocorra, ela precisa por fim a enxurrada de candidatos que fazem com que a cidade não consiga manter sua representação na Assembleia Legislativa. Ela deve buscar o consenso em torno de nomes viáveis e convocar a população a apoiar estes nomes.
 
Nakamoto
 
A maioria das 11.215 pessoas que votaram no engenheiro Takao Nakamoto (PRTB), para prefeito de Cáceres, não o conhece e nunca falaram com ele. Então como explicar que uma pessoa desconhecida, que não é política e entra em uma disputa eleitoral sem dinheiro e propaganda eleitoral, consegue uma votação expressiva e termina em segundo lugar?. Simples, o voto é de protesto e o japonês só simbolizou isso. A maioria esmagadora dos protestantes são os mesmos que elegeram o presidente Jair Bolsonaro com o discurso demagogo de eliminar a velha política.
 
Vereadores
 
Assim como na eleição de prefeito, não me surpreendi com o resultado da eleição de vereador. Dos nomes que sempre mencionei como favoritos, faltaram os de Flavio Negação (DEM), professor Leandro dos Santos (DEM), Pastor Junior (Cidadania) e Isaias Bezerra (Cidadania). A renovação foi boa. Ficaram quatro experientes e vão entrar vários capacitados para exercerem o mandato como deve ser. O primeiro teste será a costura para eleição da Mesa Diretora.
 
Estratégias
 
Mais da metade de uma eleição é feita de estratégias e se errar nesta etapa já era. Trago aqui quatros exemplos emblemáticos de erros e acertos. Café no Bule e Odenir Nery, ex-vereadores e tarimbados de eleição, se suicidaram ao se filarem no DEM. Cézare Pastorello (SD) e Valdeníria Dutra Ferreira (PSC) arriscaram um olho e acertaram. Cézare foi quase morto dentro do seu partido e Valdeníria dispensou uma candidatura de prefeito por uma segura de vereador. Já que estou falando nisso, por um fio que a estratégia do Rubens Macedo (PTB) não deu errado. Armou um chapão e se elegeu e matou cinco colegas vereadores.
 
Reeleitos
 
Muita gente deve estar se perguntando por que o limpa não foi geral na Câmara de Vereadores de Cáceres. Vou tentar explicar. Há uma série de fatores, mas vou simplificar. Domingos dos Santos (PSB) conseguiu a reeleição porque se mudou definitivamente para a Vila Aparecida onde assiste a comunidade. Isso fidelizou o voto dele. Rubens Macedo (PTB), porque inventou um chapão. Já Valdeníria tem serviço prestado na área de saúde e a prova disso é que os vários candidatos da área, que concorreram, não venceram. Ou seja, a Val continua sendo o ‘cara’ da saúde. Pastorello voltou porque foi inteligente. Soltou o Francis na hora certa e virou referencia de oposição. Fez o papel que o povo quer que o vereador faça e foi reconhecido. Detalhe, boa parte dos votos são de eleitores que não votaram nele na primeira eleição.
 
Demagogos
 
Muitos foram os candidatos de Cáceres que usaram as mídias sociais para construírem e consolidarem suas candidaturas, porém, dois se destacam. O bolsominionzinho Lucas Correia do PRTB e Luiz Assunção, o Poeta Pescador do Solidariedade. Acharam que estavam abafando e iam arrebentar de votos, tomaram uma taca. Poeta fez 150 votos e Lucas 254.
 
Armação
 
A Justiça Eleitoral de Cáceres mandou arquivar a denuncia de compra de votos que recaia sobre o esposo da candidata a vereadora do Cidadania, Magaly do Conselho Tutelar. Comprovou que a acusação era falsa e teve conotação politica. Por conta desse episodio, Magaly, que teve 402 votos, foi o candidata mais injustiçada desta eleição. Se isso não tivesse acontecido ela estaria em lugar do pastor Júnior que teve 59 votos a mais.

Comentários

inserir comentário
12 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Sheriff, em 17.11.2020 às 16:20

    Eu sempre dizia nos meus comentários nesta coluna...guarde bem esse nome FLAVIO NEGAÇÃO ira surprender aguarde e verá...alguém lembra? Taí o resultado FLAVIO NEGAÇÃO o segundo mais votado! E deixo aqui um recado , nunca vote por amizade, mais sim por capacidade!

  • por Jonathan, em 17.11.2020 às 08:29

    O problema é que, apoio nenhum na politica vem de graça. 13 partidos, é muita gente pra pendurar em algum lugar agora hem.

  • por Jose Carlos Rodrigues, em 16.11.2020 às 22:00

    Gonzaga Cafe no Bule, tornou-se borra de cafe

  • por Carlos, em 16.11.2020 às 21:16

    Querer se eleger falando mal dos outros já era, o povo quer propostas de trabalho, projetos, ir buscar melhorias para o município, esse poeta pescador só mostrou o que todo mundo já sabe, e esse Lucas Correia é novo e tem que aprender que na atual conjuntura política não se ganha mais eleição falando mal dos outros, tem que ter propostas

  • por Sheriff, em 16.11.2020 às 21:09

    Gonzaga vc é muito ingênuo nas suas preleções , ruim pra caramba...vc só sabia citar outros nomes como Thomas Canellas, Nael sonaque é por aí vai ...rede social ajudada mais não é o suficiente, o negócio é olho no olho, cara a cara, mais isso é virtude de quem tem conhecimento e argumento para transmitir para o eleitor é foi isso que deu resultado...e isso FLAVIO NEGAÇÃO fez com maestria, teve vários comentários de pessoas que não tem conhecimento nenhum , criticando e colocando defeitos mesmo sem conhecê-lo , a vcs que criticaram e julgaram sem conhecer pra voces eu vos apresento FLAVIO NEGAÇÃO o segundo mais votado!

  • por Jovani Mendes, em 16.11.2020 às 20:07

    Acho que se vc tem idade pra se candidatar, deve ter idade pra sofrer críticas, não suportamos mais demagogias, queremos governantes que sigam o povo, e não o maníaco que governa o país.

  • por Rafael, em 16.11.2020 às 19:35

    Sobre o "culpado" pela derrota do Paulo, já havia comentado na edição do dia 14/11 sobre o plano maquiavélico de Júnior Trindade, mas o feitiço virou contra o feiticeiro. Sobre o "demagogo" candidato Lucas Correia, ao qual você se referiu, o parabenizo pela coragem que teve. Um jovem que, mesmo transitando por ideais diversos dos seus, demonstrou vontade de fazer algo pela nossa cidade. Mesmo tão jovem, teve mais coragem que você, que não se atreve em colocar seu nome à prova, e só por isso já merece ser respeitado e admirado.

  • por SERGIO, em 16.11.2020 às 19:13

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • por Cido Santos, em 16.11.2020 às 17:23

    Muita hipocrisia sua chamar um garoto de 20 anos de demagogo, um garoto que teve uma votação expressiva pela sua idade e sua experiência na política, isso será falta de alguma matéria séria, que possa valorizar as pessoas que não aceitam cabrestos como vc neste jornal??? Ser oposição não se torna uma pessoa pior ou melhor, mas sim de opiniões diferentes, vc tem que respeitar os 254 votos que o Lucas recebeu e não zombar dos eleitores.

  • por JONAS, em 16.11.2020 às 17:15

    o Poeta Pescador é só mais um com um celular que acha que esta fazendo a diferença. que bom que o povo não caiu e não vai cair mais nestas conversa fiada. o poeta. criticar é a arma de quem não tem ideia. qualquer criança faz o que vc faz. por que vc quer ser vereador.

Mais comentários
 
Sitevip Internet