Notícias / Politica

26/05/2020 - 07:55

Sem surpresa. Depois da bronca do prefeito, Câmara de Cáceres volta a ficar obediente e não votam pagamento de interinos da educação

Por Jornal Oeste

Divulgação

 (Crédito: Divulgação)
Os servidores interinos da educação que foram para a porta da Câmara Municipal de Cáceres ontem, 26, não ficaram surpresos com o que viram.

Eles foram com faixas e cartazes pedindo a derrubada do decreto 268 do prefeito Francis Maris Cruz (PSDB) que suspendeu o salário deles por 3 meses. 

Mesmo tendo ficado do lado de fora, acompanharam o show de horrores que aconteceu lá dentro.

Os vereadores do prefeito, que não questionam, não enxergam, não ouvem e nem fazem nada sem a benção do executivo, enterraram a esperança de receberem seus salários.

O Decreto Legislativo, de autoria dos vereadores José Eduardo Torres (PSC), Valdeníria Dutra (PSC), Rosinei Neves (PSC) e Cézare Pastorello (PSC) que derrubaria o Decreto do Executivo não foi votado e a Câmara vai usar todo o prazo regimental para atrasar a votação.

Também foi colocado em votação um requerimento do vereador José Eduardo Torres pedindo auditoria especial das contas da prefeitura, já que o prefeito cometeu atos sem previsão legal ao suspender os salários dos interinos.
 
Primeiro, o vereador foi informado que o requerimento não seria colocado em pauta. Depois, incluíram o requerimento na pauta. Na hora da sessão, como se fosse orquestrado, 10 vereadores votaram contra o encaminhamento do requerimento ao TCE.

'Onze vereadores foram ao executivo decidir a vida dos interinos, sem nenhum interino presente. Decidiram por eles. Então, população cacerense, analise quem é quem, veja a podridão que é esse legislativo', disparou o vereador Zé Eduardo Torres após a rejeição do requerimento por 10 vereadores.

Hoje, às 11 horas, haverá o segundo turno de votação das contas de 2018 do prefeito Francis Maris Cruz.

Comentários

inserir comentário
11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Claudia, em 26.05.2020 às 20:43

    Oi, Boa noite. Vereadores não servem ao prefeito, eles seguem a população! E o prefeito esta usando os mesmo mecanismo, que foi aprovado no congresso nacional sobre congelamento dos salários dos funcionários públicos e demais funções previstas no projeto de lei. E essa votação que esta acontecendo na câmara dos vereadores é basicamente como esta no projeto de lei de congelamento de salários, e nesse momento os vereadores tem que ser autônomos e votar sem ter interferências e pensar nas pessoas que precisam de seus salários, assim como os vereadores recebem seus salários e mais cortesias sem passarem por nenhuma avaliação.

  • por Dauri Donatoni, em 26.05.2020 às 15:35

    VERGONHA. VERGONHOSO. LAMENTAVEL. Guardem bem esses nomes desses vereadores. Dois a ainda são professores kkk Domingos e Cláudio Henrique. Acompanham Rubens Macedo.Alencar da Igreja. Elias. Denis Maciel. Creude Castrillon. Walter Zacarquin. Elza . Barone e Jerônimo. Vamos banir esses 11 . Parabéns aos que não tem cabresto. PASTORELLO. VALDENIRIA. ZÉ EDUARDO. ROSINEI. Esses representam a população. Os outros? Kkkk Deixar professores sem salário.

  • por joao verdadeiro, em 26.05.2020 às 14:34

    Povo reclama dos vereadores mais aposto que pelo menos 5 reelegem! Sabe porque ? porque a população esquece na hora de apertar o botão na urna! É igual um macaco se ganhar banana na véspera de eleição vota errado novamente! Mandato de Vereadores deveriam ser apenas 1 vez e nunca mais se reeleger, se fizer um bom serviço vai ser lembrado se fizer um ruim, ja foi!

  • por Ester, em 26.05.2020 às 12:59

    O prefeito tem que vê o nosso lado que fizemos a prova passamos, pagamos e até hoje não fomos , contratado porque usaram um seletivo antigo da metade do ano passado isso sim que é uma grande injustiça esse seletivo tem que ser cancelado .

  • por Silvana, em 26.05.2020 às 12:54

    Que absurdo. Desemparar os professores dessa forma. Isto é um crime. Um governante que não olha para a educação com carinho, não serve para governar. Até quando isso vai continuar...

  • por Marcela, em 26.05.2020 às 11:53

    Caro João, os professores não estão sem trabalhar por que querem e sim por causa da pandemia, porém todos fizeram um seletivo e passaram, e não tem outro vínculo empregatício e as contas no final do mês assim como as suas também chegam, e precisam assim como você, eles e suas famílias presidem comer assim como vc e sua família. Além do mês a verba do FUNDEB veio p educação mas não foi passada para os educadores. Portanto pare de puxar o saco desse prefeito e vai se inteirar sobre o assunto antes de falar uma idiotice dessas.

  • por o povo, em 26.05.2020 às 11:43

    VAI TER MUITA GENTE QUE AINDA VAI ELEGER A MAIORIA DOS ILUSTRE VEREADORES QUE AÍ ESTÃO QUE SÃO COMANDANDO PELO PREFEITO SÃO POUCOS VEREADORES QUE MERECEM SER REELEITO... V, P, T.

  • por Ana Maria, em 26.05.2020 às 11:33

    Esta perto de acabar a teta dessa maioria de vereadores incompetentes e manipulados pelo Executivo.O Povo esta de olhos abertos e vão saber votar e dar a resposta que merecem nas urnas.Os candidatos que tiverem o apoio do atual Prefeito não ganham de jeito nenhum mais pra nada em nossa cidade. Vamos assistir de camarote.

  • por Sheriff, em 26.05.2020 às 10:22

    É um bando de Vagabunndos de mamando a caducando!!!!! Prefeito e vereadores ! E quem achar ruim do meu comentário que vá a MERDA!

  • por João, em 26.05.2020 às 09:06

    O povo tem que entender que não estão trabalhando .. Como querem receber e muito desses servidores estão com o seletivo prestes a vencer o prefeito está com razão

Mais comentários
 
Sitevip Internet