Notícias / Cidade

25/05/2020 - 13:09

Em Glória D'Oeste, briga na igreja acaba com um ferido

Por Allan Pereira

Ilustração

 (Crédito: Ilustração)
Um homem de 51 anos foi atropelado na saída de uma missa na noite deste domingo (25), no Centro de Glória D'Oeste (a 312 km de Cuiabá). Momentos antes, ele interviu em uma discussão entre um padre e o suspeito (ainda não identificado), que ficou irritado por não ter permissão do sacerdote para falar ao microfone.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito se aproximou do altar no final da missa. Porém, como estavam no encerramento, o padre não atendeu ao pedido, o que iniciou uma discussão entre o homem e o fiel (vítima), enquanto o sacerdote terminava a celebração religiosa.

Durante a discusão, o suspeito disse para a vítima que "já estava passando da hora desse padre ir embora daqui". O fiel respondeu-o dizendo que não iria deixá-lo estragar a missa com suas histórias, de acordo com a narrativa da Polícia Militar. Após isso, o homem saiu correndo em direção ao carro.

O fiel sabia que o suspeito andava com um facão em seu veículo e, por isso, resolveu ir para casa. Mas, quando caminhava pelas ruas da cidade com sua esposa, escutou um carro acelerando e viu que o suspeito subiu com o veículo sobre a calçada para atingi-lo. A vítima disse que pulou para tentar escapar da batida, mas acabou sendo atingido nas costas e arremessado contra a parede de uma loja. A esposa não foi atingida.

Em seguida, o suspeito deu ré e fugiu do local, tomando rumo ignorado. A vítima foi socorrida por populares, que estavam próximos e escutaram o barulho do atropelamento. Foi encaminhado para o Posto de Saúde da cidade com escoriações nas pernas e braço esquerdo.

Em rondas, a Polícia Militar tentou localizar o suspeito, mas não teve sucesso. A Delegacia de Polícia de Porto Esperidião investiga o caso, que foi registrado como tentativa de homicídio.

Comentários

inserir comentário
1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Romulo, em 25.05.2020 às 15:33

    Pelas informações o agressor é muito gente boa, mas está passando por problemas psitiquo, virou fanático ao Bolsonaro e faz apologia ao presidente, precisa de tratamento.

 
Sitevip Internet