Notícias / Politica

14/02/2020 - 09:57 | Atualizado em 14/02/2020 - 11:22

​ZPE e Porto de Cáceres dependem da conclusão da MT 343

Por Jornal Oeste

Ricardo Vanini

 (Crédito: Ricardo Vanini)
Ontem, 14, fui convidado para participar de uma reunião com a cúpula do governo do Estado e com o presidente da Associação Pró-hidrovia do rio Paraguai, Wanderlei Reck Júnior.
 
Ouvi os representantes do governo falarem sobre os benefícios da ZPE, o Reck Júnior do Porto, mas coube a mim, dizer a eles que ambos os projetos não se viabilizam se o Estado não concluir a ligação entre Cáceres e Porto Estrela.
 
E jusfiquei. O Porto e a ZPE, da forma que são planejados, tem capacidade para processae e transportar 3 milhões de toneladas de grãos por ano e trazer de volta insumos como ureia e sal mineral na mesma proporção.

Mas, o custo desta movimentação se torna inviável se a MT 343 não estiver pavimentada. E acrescentei. Para ser completaemente viável, será necessário construir um terminal em Santo Antônio das Lendas para que o transporte não durante a estiagem.

Neste aspecto acrescentei que há outro entrave para a operação ser competitiva. É preciso pavimentar os 60 quilômetros que liga Cáceres  a Santo Antônio das Lendas.
 
Em resumo, disse que viabilizar o Porto e a estrutura da ZPE, é literalmente 'colocar o carro na frente dos bois'.
 
Adriano Silva que tem sido o interlocutor do governo com Cáceres, concordou com minha tese e disse que recebeu garantias na semana passada do secretário de Infra-estrutura Marcelo Oleiveira, que a 343 será concluída este ano.
 
Não esperei a reunião terminar porque assim como a maioria dos cacerenses, perdi a crença na ZPE, Porto e na MT 343. Especialmene porque estanos em ano eleitoral. Nesta época, há 30 anos este assunto vem a tona e desaparece após o pleito.

Há 38 anos o ex-governador Júlio Campos (DEM), lançou pela primeira vez a pavimentação da MT 343. Se Mauro Mendes concluir a obra, entrará para história. Caso contrário, será mais um mentiroso para se juntar a Dante de Oliveira, Carlos Bezerra, Jayme Campos, Blairo Maggi, Silval Barbosa e Pedro Taques.

Da reunião de ontem, 14, participaram o secretario de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, Juliano Jorge, Presidente da Metamat, o Secretário Adjunto de Turismo,  Jeferson Moreno e o secretário adjunto de Indústria, Celso Banazeski. 

Comentários

inserir comentário
10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Zé Brasil, em 15.02.2020 às 08:10

    Senhores, a parte da demagogia política, que sabemos, aflora em ano eleitoral, tenham ciência que hoje já é uma realidade a instalação de novos portos no rio Paraguai, que incrivelmente, são renegados pela imprensa, que insiste em falar de Sto Antônio das Lendas, que como o próprio nome diz: é uma lenda. Existe um Terminal na região de Paratudal em fase final de licenciamento ambiental e outro na região de barranco vermelho em fase inicial de estudos. Ambos com cronograma de início de operação para 2021-2023. Poderia ser mais rápido se não fosse os entraves da burocracia e lentidão dos responsáveis em emitir tais licenças. Estes projetos de portos estão localizados a 100-140 km da cidade de Cáceres podendo operar o ano todo. A estrada que liga aos portos, hoje como está, permite fluxo de 1 milhão de toneladas tranquilamente. Então senhores da imprensa e população em geral, comecem a se informar das ações sérias e esqueçam o lenga-lenga de sempre. A semente já brotou!

  • por Auda, em 14.02.2020 às 22:06

    Vontade vomitar pela bilionésima vez leio isso. Será que alguém ainda acredita? Depois de 30 anos? Sempre em ano eleitoral. Se acreditar ou é inocente demais ou vai ter fé assim na pqp.

  • por Julio, em 14.02.2020 às 17:55

    Os eleitores deveriam negar voto em todos esses políticos que vivem de promessas.

  • por Bn, em 14.02.2020 às 15:50

    Só sanguessugas que o povo não abre os olhos. Vamos acordar cambada. Ano político.

  • por Aristóteles poconeano, em 14.02.2020 às 13:48

    2020. Ano de eleições municipais, ano que os velhos e carcomidos projetos de 28 anos volta a tona corroído, mais é só colocar o velho e bom produto que revigora qualquer plano e projeto de desenvolvimento de Cáceres, este que é conhecido carinhosamente por óleo de peroba. Políticos sem vergonha, povo sem esclarecimento prato cheio para demagogo, meu povo de Cáceres pelo amor de Deus vamos dar um basta nesse tipo que aparece resolvendo todos os problemas, pqp não aquento mais essa sujeira que de dois em dois anos surge como salvador do mundo.

  • por o pescador, em 14.02.2020 às 13:18

    Recebei um comunicado do presidente dos extras terrestres que já esta com a ordem de serviço para iniciar a construção do aeroporto para as naves Espaciais que iram trasportar as mercadorias da ZPE e da Hidrovia diretamente para Mércurio, Saturno, Júpiter, Lua Cáceres terá um movimento nunca visto sera Criada varias vagas de emprego para a Cidade Parabéns Presidente dos extras Terrestres.

  • por EMERSON, em 14.02.2020 às 13:14

    QUANDO FALAM DE PARTIDOS E VELHOS POLÍTICOS ESTA DANDO ÂNSIA DE VOMITO ... INFELIZMENTE NÃO TEM SERIEDADE MESMO...

  • por André, em 14.02.2020 às 13:06

    Quantas empresas e indústrias a Gestão Francis trouxe em 7 anos? Quantas empresas o Governo do Estado trouxe nos últimos 10 anos? Não conseguem trazer uma empresa, Mas ficam anunciando há 40 anos que trarão dezenas? Se vão conseguir trazer dezenas, por que não começam trazendo uma? O Município cede um terreno na zona industrial, abre mão dos impostos, pede pro Estado abrir mão dos impostos estaduais... Mas aí o conto da ZPE acaba né?

  • por Otario sem perspectiva., em 14.02.2020 às 12:54

    Cambada de politico sem vergonha na cara e mentiroso.

  • por Luiz Marcelo, em 14.02.2020 às 11:20

    Mauro Mendes já não disse que a ZPE estava morta? ZPE não precisa de estrada: precisa de empresa que queira se instalar aqui. E qual vai querer? Longe do centro consumidor. Sem mão de obra qualificada. Incentivo por incentivo, hoje qualquer Estado e cidade dá. Achei que Mauro Mendes não era mais um demagogo da política.

 
Sitevip Internet