Notícias / Cidade

04/10/2019 - 13:06

Ação Pátio Limpo é apresentada à equipe da regional de Cáceres

Por PJC MT

PJC MT

 (Crédito: PJC MT)
Representantes da Delegacia Regional de Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá), da Polícia Judiciária Civil, participaram de uma reunião para conhecer o trabalho de prensagem de materiais apreendidos e deteriorados (sucatas), desenvolvido pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva).

A reunião foi realizada nesta quinta-feira (03.10), no prédio da Diretoria Geral, em Cuiabá, com o objetivo de difundir a experiência que está dando certo na unidade da Capital. Um dos focos da ação de prensa é a descontaminação e limpeza dos pátios das unidades policiais, as quais acumulam por anos bens inservíveis.

O delegado da Derrfva, Arnon Osny, apresentou o funcionamento da ação “pátio limpo”. Em setembro deste ano, a unidade realizou a segunda fase de prensagem de 250 veículos (motos, carros e caminhões), que estavam há décadas entulhados e aglomerados, aguardando destinações judiciais.

O delegado e assessor jurídico da PJC Joaquim Leitão Junior, falou sobre a criação de um manual que está sendo finalizado como procedimento padrão, visando facilitar aos gestores de todas as delegacias do Estado, a execução do trabalho.

Com essas medidas adotadas, a Polícia Civil busca garantir locais de trabalho limpos, tanto para o servidor, com também para a sociedade, além de contribuir com o meio ambiente e a saúde pública.

Conforme o delegado-geral Mario Dermeval, a idéia é orientar e conscientizar sobre a importância dos terrenos limpos, e através desse trabalho criado pela Derrfva, mostrar aos demais colegas os benefícios.
 

“Além de solucionar o problema do grande passivo das delegacias, os espaços limpos, sem sucatas e ferros velhos, poderão servir para futuras ampliações das próprias delegacias”, destacou Mario Dermeval.

Também  participaram da reunião, o delegado regional de Cáceres, Alex Cuiabano, a titular da Delegacia Especial de Fronteira, Cinthia Gomes da Rocha, e o delegado da Gecat, Eduardo Botelho.

Comentários

inserir comentário
0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet