Notícias / Cidade

15/09/2019 - 09:53

Quadrilha de Várzea Grande é presa agindo em Cáceres

Por Pedro Miguel

Na manhã de ontem (sábado), por volta das 09:50Hs, a Polícia Militar foi acionada via CIOSP para atender uma ocorrência de roubo, seguido de cárcere privado em uma residência, localizada na Rua dos Soteros, no Bairro Cristo Rei.

Diante da solicitação a rádio patrulha imediatamente foi até o local indicado, lá, em conversa com a vítima de iniciais S.B.R. de 44 anos, a mesma relatou que no momento do acontecido estava juntamente com sua mãe na área da casa, quando de repente 03 indivíduos invadiram o local e anunciaram o roubo, sendo um deles estava armado com um revólver, em seguida encaminharam todos para o quarto, porém, quando passaram pela cozinha pegaram uma faca e começaram a ameaçar ela e sua mãe.

A cidadã disse que a outra vítima de iniciais D.S.G.S. de 33 anos, que se encontrava lavando o banheiro também foi rendida pelos criminosos, onde lhe amarraram e deixaram no banheiro e que a todo momento os ladrões pediam dinheiro e pegaram todas as suas joias, além de revirarem toda a casa atrás de bens valiosos, tiraram a TV da sala e colocaram na área, pegaram todos os celulares das vítimas, cartões de crédito, a chave do veículo Corolla e uma quantia em dinheiro, em seguida fugiram.

A solicitante contou também que após os ladrões fugirem encontraram os celulares, a chave do veículo e os cartões de crédito jogados em um dos cômodos da casa, porém, levaram alianças, aparador, anéis de ouro, um Iphone e uma quantia em dinheiro.

Após ouvir o relato das vítimas os policiais realizaram rondas nas imediações na tentativa de localizar os suspeitos e passando pelo Bairro DNER, próximo a praça, foram abordados 02 mototaxistas com 02 clientes, sendo eles, suspeitos do roubo, onde imediatamente foram abordados e se identificaram como sendo de nomes Igor Alexandre Silva de Campos, de 22 anos (morador da cidade de Várzea Grande) e Maruller Almeida Lima, de 18 anos, (morador da cidade de Rosário Oeste), sendo que este último estava com um revólver utilizada no roubo, que os suspeitos informaram ainda que haviam mais 02 comparsas escondidos em uma residência no Bairro Por do Sol.

De posse do endereço os policiais foram até a residência indicada, mas quando os suspeitos avistaram a viatura chegando os suspeitos fugiram pulando o muro da residência, mas alguns minutos depois foram abordados e se identificaram como sendo de nomes Augusto Cesar Lima, de 24 anos (morador da cidade de Alto Paraguai) e José Henrique Coelho Coutinho Mayer, de 19 anos (morador da cidade de Várzea Grande), os policiais vistoriaram o local e encontraram vários objetos produtos de roubo e que o suspeito Augusto disse que não participou efetivamente do roubo, apenas deu apoio á ação criminosa, mas confessou que teria participado de um roubo na cidade de Alto Paraguai, sequestrando a vítima e levando até a cidade de Várzea Grande, isso tudo, juntamente com o comparsa Maruller, onde roubaram um veículo Ford Fiesta, porém, o referido veículo foi recuperado pelo Gefron na fronteira.

Os policiais enviaram as fotos dos suspeitos para as vítimas na cidade de Alto Paraguai, onde os mesmos reconheceram os indivíduos como sendo os autores do roubo.

Diante da situação os suspeitos foram recolhidos pro camburão e encaminhados até o CISC para as devidas providências.

*Segundo a polícia, os suspeitos relataram que tentaram roubar a residência para 'levantar' uma grana para voltarem para as suas respectivas cidades.
IMG-20190914-WA0728.jpg
 

Comentários

inserir comentário
4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Edmilson, em 17.09.2019 às 06:56

    Infelizmente esses vermes não ficam preso logo estarão roubando novamente isso a não forem já liberados em audiência de custódia.

  • por Junior, em 16.09.2019 às 08:59

    Como se já não bastasse os daqui, agora malandro vem de fora pra complicar ainda mais

  • por joao, em 16.09.2019 às 07:43

    Enquanto as leis do nosso pais foram essas, bandidagem toma conta no máximo sabem eles que ficaram 1, 2 anos na cadeia e ja estarão solto. Deveria ficar o resto da vida na cadeia!

  • por de Cáceres, em 15.09.2019 às 10:23

    agora fica com essa cara de bunda...esses marginais fazem o terrorismo com as pessoas...malandro,,,vagabundo...tem que mofar na cadeia..

 
Sitevip Internet