Notícias / Educação

22/08/2019 - 13:33

Após greve, Estado nomeia mais de 200 professores

Por Folha Max

A greve dos profissionais da educação estadual, que durou 75 dias, já apresenta resultados favoráveis à categoria. O Diário Oficial desta quinta-feira (22), traz a convocação de 200 concursados que aguardavam suas nomeações; luta do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) e de seus filiados que não mediaram esforços para atender o clamor da categoria e que contaram com o apoio irrestrito do deputado estadual Valdir Barranco (PT-MT).

"Temos que reconhecer e parabenizar a luta dos servidores e do sindicato da categoria que passaram dias e dias na Assembleia Legislativa, na sede do governo e nas ruas cobrando seus direitos. Homens e mulheres que tiveram seus salários cortados para favorecer toda a categoria e que conseguiram parte de seus objetivos", elogiou o deputado.

Barranco lembrou que o governo também decidiu pagar integralmente os salários referentes aos dias cortados dos servidores que participaram da greve.

"O governador garantiu pagar integralmente o ponto destes profissionais no próximo dia 27. Esperamos que cumpra a promessa. Caso contrário, serie o primeiro a apoiar os servidores para que voltem à greve."
O parlamentar disse, ainda, que a luta pelo cumprimento da Lei 510/2013 (que garante a Dobra dos Salários) e do pagamento da RGA continua.

"O Estado ainda não cumpriu a Lei da Dobra nem pagou a RGA, direito constitucional dos servidores. Contudo, existe a promessa do governador Mauro Mendes (DEM) de que assim que as contas do Estado estiverem saneadas, segundo ele com o aumento da arrecadação e o devido cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, previsto para 2020, haverá os devidos pagamentos. Não vamos descansar até que o Estado cumpra a lei e garanta os direitos dos servidores”, concluiu o deputado.

Comentários

inserir comentário
5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Tibúrcio junco pantaneiro, em 23.08.2019 às 12:17

    Quem não pelos seus direitos, será escravo deles...uns lutam pelo direito, outros lutam pelo direito de não ter direitos... os gados.

  • por Dalila, em 23.08.2019 às 07:43

    Aplausos e tiro meu chapéu para esses bravos guerreiros que com sabedoria dirige uma sociedade, meu reconhecimento aos profissionais da educação que direciona nossas crianças, jovens e adultos com paciência, sabedoria e responsabilidade!

  • por Paulo Renato, em 22.08.2019 às 16:37

    Ótimo! Além de interino não querem trabalhar. Teve uma grevistas que está chorando até agora...kkkk bem feito. Vai atrás do sindicato pra arrumar um novo emprego.

  • por Carlos, em 22.08.2019 às 15:47

    Parabéns ao SINTEP e todos os profissionais da educação pela luta pelo seus direitos,tem que convocar os professoresque que fizeram todas as fases do concurso,e quando vai convocar os técnicos e apoio e parece que o governo está sensibilando com a educação

  • por Fatinha, em 22.08.2019 às 14:46

    Aplausos em pé aos bravos e combatentes guerreiros que não fugiram à luta, que não se curvaram diante da tirania do desgoverno Mauro Mendes Infelizmente tem aqueles alienados, puxa saco, sanguessugas que se beneficiam da luta alheia

 
Sitevip Internet