Jornal Oeste

Cáceres, Sábado, 11 de Julho de 2020

Notícias / Direto da Fonte

13/08/2019 - 12:30

Frouxos

Por Da Redação

A prova de que a maioria dos vereadores de Cáceres não tem preparo para a função, foi estampada pela edição do final de semana do Jornal Expressão do considerado Sinézio Alcântara. Auditoria do TCE constatou que a JC Excelência causou danos de mais R$ 318 mil a prefeitura de Cáceres. O único a denunciar isso, há um ano, foi o vereador Cézare Pastorello (SD). Mas a consultoria da Secretaria de Saúde também é acusada de não alimentar o sistema do Ministério da Saúde que paga os Agentes de Saúde fazendo com que por dois anos o município tenha que paga-los com recursos próprios. E não é só isso. Um fonte ligada ao setor de licitação, revelou a Coluna que a recontratação da empresa tem fortes indícios de direcionamento.
 
Fracos
 
Outra prova de que a maioria dos vereadores são fracos, é que o prefeito Francis Maris (PSDB0, os ignorou e contratou a Konnte Segurança por R$ 465, 889.20 para fazer o monitoramento anual das repartições públicas. Além do fato da empresa ser de fora, com a medida o prefeito vai matar de fome cerca de 200 pais de família, que já ganham um misero salário como vigias, que é completado por horas extras e adicional noturno que serão extintos. Isso porque tem vereador que é vigia e outros que possuem parentes na função.
 
Frente
 
O deputado federal doutor Leonardo (SD), disse a uma fonte que no dia 6 de setembro participará da terceira reunião da Frente Por Cáceres formada até o momento pelo DEM, PDT, PV, PRB, MDB, PROS e PSD. Por falar em Frente, ela não está discutindo nomes para prefeito e vice e sim um projeto de desenvolvimento para Cáceres para os próximos 20 anos.
 
PV
 
Fora da Frente, os partidos tem se articulado para lançar nomes a majoritária e a vereador em 2020. O PV por exemplo, tem três nomes cotados como pré-candidatos a prefeito. O ex-prefeito Túlio Fontes, o presidente do Cacerense, Renato Fidelis e a advogada Anne Viegas. Já no DEM, o ex-governador Júlio Campos lançou o suplente de deputado federal Adriano Silva. O MDB ensaia com Marcinho Lacerda e o PRB com o diretor do IFMT, Salmo César. O vereador Cézare Pastorello (SD) tem interesse de ir para o PT, PC do B ou PDT, também com projeto de disputar a prefeitura. Por falar em disputar a prefeitura, Valdenizia Dutra Ferreira, irmã e braço direto da vereadora Valdeniria Dutra Ferreira (PSDB), revelou a Coluna, que apesar da boa votação para deputada estadual, o seu projeto prioritário é disputar a reeleição.
 
Cara de Pau
 
A vice-prefeita Eleine Liberato Dias (PSDB), picada pela mosca azul, teve a indecência de dizer em uma entrevista ao Jornal Expressão, que não traiu o ex-prefeito Túlio Fontes (PV), que a colocou na vida pública. Era melhor ter ficado calada. Eliene junto com o prefeito Francis Maris (PSDB), causaram um grande mal a Cáceres pelos próximos anos, ao não terem força e habilidade política para conter a enxurrada de candidatos a deputado estadual que deixam a cidade sem representação na Assembleia Legislativa. Todos os prefeitos e vices anteriores trabalhavam, conversavam e conseguiam diminuir o número de candidatos. Eliene e Francis fizeram ao contrário. Só o PSDB deles lançou dois. O prejuízo que a dupla causa para Cáceres é de muitos milhões no orçamento, porque serão quatro anos sem um único Deputado Estadual para o município (cada Deputado Estadual tem aproximadamente R$ 5 milhões no orçamento por ano).
 
Traíra
 
Eliene, que sempre foi da cozinha de Túlio e Gisele, fez compromisso de apoiá-lo pra qualquer cargo e em qualquer partido. A desculpa de que a Estadual do partido é quem define é conversa fiada. Quem define é o prefeito e a vice. Agora quer mudar de partido para ser candidata por outro já que o barco afundou. Junto com Francis, apoiou e perdeu para presidente com Alckmin, para Governador com Pedro Taques, para Deputado Federal com Ezequiel e para Estadual com Cláudio Henrique.
 
Tragédia
 
Pensa em um cara de sorte. O deputado estadual Carlos Avalone (PSDB). De uma pancada só, três envolvidos em uma suposta tentativa de compra de votos, morreram em uma acidente em Cáceres. O curioso é que o grupo liderado pelo ex-servidor da prefeitura Luiz da Guia, iria passar em Cáceres para pegar o cabelereiro Dener Antônio para uma audiência do processo em Cuiabá. Com Luiz da Guia morrem dezenas de ações judiciais e desavenças.

Comentários

inserir comentário
14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Tibúrcio junco pantaneiro, em 14.08.2019 às 13:53

    Estes políticos desta cidade acham que Cáceres só vive de reunião de Gabinete de segurança pública, as pessoas que aqui ainda moram quer geração de empregos e renda para a população, cuidem do social pois a população precisa, temos uma população muito carente e somos talvez a cidade mais pobre do Brasil. Precisamos de mais indústrias e menos promessas... o nosso deputado federal até agora nada fez por nossa cidade, seu berço político está entregue as traças deputado federal por Cáceres. Indignado, Cáceres é a cidade dos comércios, salva-se quem puder, estou levando minha empresa para outra cidade do Norte de Mato Grosso, infelizmente, gosto muito desta cidade acolhedora, mas atrasada de desenvolvimento.

  • por Coluna do Leitor, em 14.08.2019 às 10:13

    Sergio, não sei se percebeu, mas esta parte do jornal é uma coluna de opinião. Todos os jornais têm um espaço para que jornalistas ou personalidades escrevam suas opiniões, além dos chamados “bastidores” da política. Se você abrir a Folha de São Paulo, por exemplo, no verso da primeira página,há três articulistas escrevendo textos que trazem suas opiniões. Lá estavam os saudosos Carlos Heitor Cony e Clovis Rossi. Mais pra frente, a coluna Radar trata de bastidores. E assim n’ O Globo, no Estadão, e nos jornais mundo a fora. Terrível é ver como o cacerense não tolera críticas à gestão! Gonzaga é bastante suave com a Prefeitura. Poderia bater duro em inúmeros pontos. outro dia, alguém escreveu aqui que tem creche pedindo papel higiênico, enquanto a Prefeitura gasta 500 mil pra uma fonte! Cidade sem oposição permite que o “gestor” faça tudo que o gestor acha correto, ainda que esse correto seja muito questionável.

  • por Eduardo Souza, em 14.08.2019 às 08:33

    Será que esse prejuízo é o modelo cacerense de gestão empresarial? Ainda bem que a Cometa vai bem obrigado. Nenhum emprego a menos.

  • por Mendes, em 14.08.2019 às 08:25

    Senhor Conselheiro, lembro muito bem da atuação do Conselho naquela época, fiscalizando e não sendo mero carimbador de atos da Prefeitura. O senhor nao disse o que aconteceu com o Conselho por essa atuação valorosa: foi dissolvido pelo Prefeito por um decreto! O MP teve até que ajuizar ação para anular essa decisão. Extinguir conselho por decreto ainda não era moda. Será que o Bolsonaro fez estágio aqui antes de virar Presidente? Enquanto isso, os vereadores, calados. No plágio, também nada disseram. Naquela época, o Pastorello ainda era o xodó de Francis.

  • por Ricardo, em 14.08.2019 às 08:16

    Será que Francis tem uma visão de desenvolvimento tão aguçada como a visão política que escolheu Cláudio Henrique como candidato a deputado?

  • por Família enlutada, em 14.08.2019 às 07:08

    TRAGÉDIA: que falta de respeito por esse colunista as famílias enlutada....absurdo...colocar política em uma tragédia que comoveu a população....se toca Gonzaga...olhe para o céu e peça PERDÃO...

  • por Ana Amélia, em 13.08.2019 às 19:35

    Eliene nunca traiu Túlio, só não apoiou! Pois foi apoiar um vereador de primeiro mandato o Cláudio Henrique. E pra aumentar a lambança, deixaram a Valdeniria sair candidata, agora é pra bagunçar Cáceres, pois Cláudio e Valdeniria, são do PSDB, aí lançaram Cáceres de eleger um deputado. Isso é muita irresponsabilidade da Eliene, que era presidente do PSDB. Mostra onde essa Eliane trouxe algo pra Cáceres?

  • por Sergio, em 13.08.2019 às 19:21

    Caro jornalista vc está aí para noticiar não permitir opinião afinal vc tem de ser imparcial pare ficar puxar o saco de Tulio Fontes esse é bananeira que deu cacho

  • por ex conselheiro de saúde, em 13.08.2019 às 19:00

    caro gonzaga, tudo isso que está explodindo agora, o conselho de saúde, sob a presidência do competentíssimo Douglas e do Nivaldo, com pareceres técnicos da COMISSÃO DE ORÇAMENTO E FINANÇAS do conselho de Saúde, ja havia feito todas essas denúncias e comunicado oficialmente ao PAIXÃO EM ADMINISTRAR, e aos respectivos secretários de saúde nos anos de 2016 e 2017. MAS, como sempre, esse grandes administradores não acataram nenhuma das denuncias feitas pelo CMS e continuaram com os desmandos e práticas de ilegalidades. INCLUSIVE o vereador pastorello foi contra uma das decisões legais do CMS. É so reverem em suas memórias. lamentável. por sorte temos o MPF que está tentando e vai punir todos os culpados.

  • por Cidadão indignado, em 13.08.2019 às 18:44

    Frente pra discutir desenvolvimento de Cáceres????? É brincadeira, né? Pelas fotos e nomes, a maioria são os políticos que nasceram, cresceram, se reproduziram e não saem da política desde sempre. Com todo respeito, mas a grande família Lacerda já deu sua cota de contribuição enorme, com um Senador da República!!! E outro político que ocupou cargos relevantissimos no Governo Estadual. Deem a chance a outros agora. Políticos que estão desde a década de 70 na política, sendo vereador, secretário, e outros cargos, vem falar em desenvolvimento de Cáceres? O projeto de desenvolvimento deles era ZPE! Já cansou! Será que Caceres não consegue produzir uns três nomes novos com gente comprometida e com estudo, sem vaidade, para liderar a cidade?

Mais comentários
 
Sitevip Internet