Notícias / Educação

12/08/2019 - 06:59

Professores da Unemat aderem à Greve Nacional em Defesa da Educação nesta terça (13)

Por Mayke Toscano

Os professores da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) decidiram em assembleia geral extraordinária, realizada nesta sexta-feira (9), em Cáceres, pela adesão à Greve Nacional em Defesa da Educação, que ocorrerá na próxima terça-feira (13).

A greve que é uma agenda nacional e também tem como ponto de luta a defesa da democracia, a luta contra a Reforma da Previdência (PEC 06/2019) e o contra o novo projeto do Ministério da Educação “Future-se”.
Além da paralisação das atividades durante todo o dia 13, com retorno das atividades na quarta-feira (14), os docentes aprovaram também a orientação do Sindicato de promover a mobilização para a efetivação de atividades nos Campi da universidade, com flexibilidade para cada subseção promover sua programação de forma autônoma.
 
A greve que toma corpo nacionalmente, está sendo construída em conjunto pelas entidades de trabalhadores da educação e o movimento estudantil. E buscará envolver todos os setores da sociedade. No Estado, além da Unemat, instituições s Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) também aderiu à Greve Nacional da Educação com paralisação das atividades.

Para a presidente do Sindicato, Sílvia Nunes, a adesão da Greve é fundamental para a categoria dos docentes, considerando o desenfreado desmonte da educação pública promovido pelo atual governo e, que promove a passos curtos o desmonte também da previdência social, por meio da nefasta Reforma da Previdência. Além do ataque à democracia que tem tomado proporções imensuráveis.

Comentários

inserir comentário
4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Jean, em 13.08.2019 às 06:44

    Espero que os professores realmente se mobilizem para participar do protesto invés de irem para o shopping gastar os gordos salários que recebem da UNEMAT. Atenção professores é dia de protesto e não dia de folga!!!

  • por Rodrigo, em 12.08.2019 às 17:58

    Hay greve, estoy dentro! Afinal, os professores da UNEMAT São sofridos e oprimidos funcionários públicos, obrigados a trabalhar por horas exaustivas de jornada, a ter que apresentar produção científica além de dar aula, a ter que residir na mesma cidade do curso, tudo isso com um dos piores salários do Brasil. Não podemos deixar nossos professores nessa situação vexatória, com um salário de fome. Greve já!!!!

  • por Osmando, em 12.08.2019 às 12:50

    É o famoso Lula Livre e outras vigarices que o povo não acredita mais.

  • por lucas Davi, em 12.08.2019 às 12:06

    Impressionante ver comunistas berrando por democracia... A medusa do socialismo e suas cabeças... Corta-se uma, aparece outra... Nunca vi "neguinho" e nem "branquinho" gritando para repatriação do dinheiro roubado pela ORCRIM chamda PT e seus puxadinhos tipo Piiçol, PCB, PSdB, PCC

 
Sitevip Internet