Notícias / Educação

09/06/2019 - 09:21

Mestranda da Unemat é a única vencedora de Mato Grosso do Prêmio Professores do Brasil

Por Nataniel Zanferrari

Divulgação

 (Crédito: Divulgação)
Celia Dione Macedo Silva é professora do Ensino Fundamental e atualmente cursa o Mestrado Profissional em Letras (ProfLetras) da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) em Cáceres. Celia foi uma das vencedoras da 11ª edição do Prêmio Professores do Brasil. Com o trabalho ‘Se as mulheres não têm voz, o seu grito não tem som’, Celia foi a vencedora da Região Centro-Oeste na Categoria Ensino Fundamental 6º a 9º Ano.

Os 30 vencedores das etapas regionais do Prêmio receberam uma viagem ao exterior para conhecer experiências educacionais, paga pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O destino deste ano foi o Canadá. De 26 de maio a 1º de junho os professores estiveram na capital canadense, Ottawa, quarta maior cidade do país e cidade com o maior nível educacional do Canadá.

‘Se as mulheres não têm voz, o seu grito não tem som’

O projeto visa combater a violência doméstica, promover a sensibilização dos homens quanto a este problema e desenvolver o respeito entre homens e mulheres na construção de uma sociedade igualitária e harmônica.
“Para minha alegria, fui vencedora nas etapas estadual e regional e, como parte do prêmio recebi uma viagem para qualificação profissional no Canadá”, disse Celia.

Na programação da qualificação, os professores conheceram o funcionamento do sistema educacional canadense, tanto de escolas equivalentes ao Ensino Fundamental e Médio brasileiros, quanto de escolas técnicas e universidades. “Aprendi um pouco sobre a metodologia empregada por aquelas instituições e compreendi o porquê do Canadá estar entre os melhores do mundo em termos de educação”, afirma a professora.

Prêmio Professores do Brasil

Com 4.040 inscritos na sua 11ª edição, o prêmio reconhece e divulga o trabalho de professores de escolas públicas da educação básica que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula. Também valoriza o papel dos docentes e dá visibilidade às experiências pedagógicas, como forma de motivar e disseminar outras iniciativas pelo País.

O prêmio possui seis categorias: Creche, Pré-Escola, Ciclo de Alfabetização (1º ao 3º ano do Ensino Fundamental), 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Instituído em 2005, o prêmio já reconheceu diversas experiências bem-sucedidas, criativas e inovadoras. Ao longo de dez edições, participaram 44.286 professores de todo o país, com 334 premiados.

MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS

Local de Oferta: Cáceres e Sinop
Conceito Capes: Conceito 4
Áreas de concentração: Linguagens e Letramentos
Linhas de Pesquisa:

- Teorias da linguagem e ensino
- Leitura e produção textual: Diversidade social e práticas docentes
O Mestrado Profissional em Letras possui como objetivo empoderar docentes de valor pedagógico agregado em Linguagem, com vistas ao enriquecimento e à eficácia em práticas profissionais, aumentar o nível de qualidade do Ensino Fundamental, com vistas a ampliar habilidades de leitura e escrita e reduzir taxas de evasão na escola brasileira, promover o multiletramento exigido no mundo globalizado, fomentar uma atitude pró-ativa dos professores em relação aos alunos com graus distintos de atipicidade e contribuir para o desenvolvimento de pedagogias que efetivem a proficiência em letramentos, compatível ao Ensino Fundamental.

Anualmente são disponibilizadas 860 vagas, em 49 polos no país, sob a coordenação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). A Unemat oferta 18 vagas nos câmpus de Cáceres e Sinop. Para concorrer é preciso ter graduação em Letras, com habilitação em Português, ser professor efetivo de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano), em escolas da rede pública. A seleção consiste de provas objetiva e discursiva, aplicadas simultaneamente em todas as instituições participantes do programa.

Para saber mais sobre o ProfLetras em Cáceres, clique aqui.
Para saber mais sobre o ProfLetras em Sinop, clique aqui.

Comentários

inserir comentário
0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet