Notícias / Brasil

23/04/2019 - 15:46

Dois ministros votam por reduzir pena de Lula no caso tríplex

Por Agencia Brasil

Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Felix Fischer e Jorge Mussi votaram hoje (23) para reduzir a condenação do  ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex do Guarujá (SP). Fischer é o relator do caso e entendeu que a pena de Lula deve ser de oito anos, 10 meses e 20 dias de de prisão, a não de 12 anos e um mês de prisão, como foi definido pela segunda instância da Justiça Federal. Mussi, por vez, também votou de acordo com o companheiro.

Em outra parte do voto, no entanto, o relator Fischer negou pedidos da defesa, por entender que não houve ilegalidades processuais. A defesa queria a juntada de novas provas, contestação de acordo da Operação Lava Jato com os Estados Unidos, além da remessa do processo para a Justiça Eleitoral e a suspeição do ex-juiz Sergio Moro para julgar o caso e a suposta atuação abusiva dos procuradores da operação.

Neste momento o ministro Reynaldo Soares, presidente da Quinta Turma, está com a palavra.

Nesta tarde,  a Quinta Turma do STJ julga recurso apresentado pela defesa do ex-presidente. O julgamento continua. Além de Reynaldo, faltam os votos de dois ministros.

Condenado à pena de 12 anos e um mês, Lula está preso desde abril do ano passado na carceragem da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba. A prisão foi determinada pelo então juiz Sergio Moro, com base no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que autorizou a prisão após o fim de recursos na segunda instância da Justiça.

Comentários

inserir comentário
6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Zé da onça, em 27.04.2019 às 11:19

    Lula é preso político... Agora o Brasil está nas mãos de loucos brincando de governar um país imenso como o Brasil.

  • por Nilson, em 26.04.2019 às 01:32

    Opinar pelo divulgação da mídia é difícil Mas causa estranheza as manobras políticas Bolsonaro declarando seu desejo de acabar com o PT fica clara a politicagem e por fim, Moro vira ministro se antes dizia que nunca entraria para a política caixa 2 deixou de ser crime quando o suposto praticante fazia parte dos apoiadores do atual governo. Uma salada mista essa política brasileira.

  • por Pierre da Silva, em 24.04.2019 às 07:36

    Lula preso politico, se o Senhor Sergio Moro fosse honesto não aceitaria esse cargo na atual gestão de Bolsonaro, ou seja Sergio Moro julgou de forma Politiqueira , queremos Lula Livre

  • por Claudio, em 24.04.2019 às 07:10

    1º Lula só foi preso por liderar as intenções de votos, 2º o ativista bosonariano Sérgio Moro saiu do armário e virou ministro.

  • por jbernardescurvo, em 23.04.2019 às 16:44

    meliante caríssimo...

  • por Tibúrcio junco pantaneiro, em 23.04.2019 às 16:03

    Muito estranho o ex juíz da lavajato mandar o Ex presidente em vésperas da eleição e tempo depois virar ministro do atual presidente... Estamos de olho... Sendo que o ex presidente Lula estava em primeiro lugar nas pesquisas de votos... Muito estranhooooo

 
Sitevip Internet