Notícias / Cidade

21/01/2019 - 08:41

Grande Jardim Padre Paulo tem altos índices de mosquito da Dengue, Zica e Chikungunya

Por Jornal Expressão

Jornal Expressão

 (Crédito: Jornal Expressão)
O município de Cáceres pode entrar na lista dos que estão em estado de alerta, no Estado, por infestação do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, zica e chikungunya. Em alguns bairros como Jardim Solução, Padre Paulo, Betel, Tancredo Neves, COHAB Nova, Lava-pés, São Jorge e Espirito Santos, o índice de infestação predial chega a 5%. Ou seja: cinco vezes mais que o tolerável pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 1%. O combate à proliferação do mosquito pela Secretaria de Saúde é constante.

O elevado índice de infestação foi constatado no último Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo aedes aegypti (Lira) realizado no mês de dezembro. A situação é preocupante porque, de acordo com o levantamento,  muitos moradores ainda não se conscientizaram da necessidade de auxiliar o setor público no combate a proliferação do mosquito. O levantamento constatou que 95% dos focos estão concentrados em residências.

“O combate a proliferação do mosquito é constante pela Secretaria de Saúde, mas a população tem que participar mais” clama o secretario Tony Mendes explicando que, além de campanhas orientativas de prevenção e combate a dengue, agentes da secretaria, em parceria com a autarquia Águas do Pantanal, estão vistoriando e recolhendo, principalmente, pneus, em pontos de possíveis criadouros, como borracharias. E, que, servidores estão sendo capacitados para esclarecer ainda mais a população sobre prevenção e combate a dengue.

Assinalou ainda que, a secretaria passará a autuar os moradores, principalmente, das casas onde, nas pesquisas anteriores foram constatados, focos do mosquito. “Infelizmente vamos ter que autuar os moradores reincidentes. Vamos encaminhar a relação dos nomes ao Ministério Público para que sejam tomadas as medidas necessárias para responsabilizá-los”.

Em 2018, conforme a Secretaria de Saúde foram feitas 167 notificações de dengue, dos quais 35 casos foram confirmados; 64 notificações de  chikungunya, deram positivos 21 e das 54 notificações de zica, nenhum caso foi confirmado. De acordo com o secretário Tony Mendes, a Secretaria de Saúde autuou em 2018, 8 moradores reincidentes que foram responsabilizados pelo Ministério Público através de uma Ação Civil Pública. O secretário destacou que a maioria das notificações foi feitas em hospitais da cidade.

Mendes informou que, atualmente, a Secretaria de Saúde, dispõe de um laboratório próprio, para realização de exames da dengue, localizado na sede do Ambulatório da Criança, onde todo trabalho é gratuito. Informou também que a Secretaria de Saúde recebeu do Governo Federal, uma viatura (caminhonete) para ser usada no trabalho de prevenção e combate a dengue. O próximo LIRA será realizado de 25 de fevereiro a 1 de março.  Dos 141 municípios de Mato Grosso, 98 estão em alerta de dengue, zika e chikungunya, de acordo com o (LIRA), divulgado pelo Ministério da Saúde.

Comentários

inserir comentário
3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Souza Silva, em 21.01.2019 às 15:27

    Saúde preventiva aqui em Cáceres não existe, são muito bons de boca, e limitar desculpas a outros, não assumem a culpa, irresponsáveis ganhando salários através dos meus e seus impostos. Planejamento zero, preventiva zero, vergonha zero.

  • por Cacerense, em 21.01.2019 às 13:01

    Jr as coisas não são bem assim, como indicado tanto pelo laudo quanto pela matéria os índices são encontrados dentro das residências da população. Onde estão as pessoas que não estão cuidando nem mesmo da sua própria casa ? Passou da hora do princípio da subsidiariedade passar a valer nesse país. Onde já se viu responsabilizar a prefeitura por falta de noção da população ? E outra, "industria da multa" existe para aqueles que cometem infração, é só parar de fazer a coisa errada. Instlação de semáforo é ruim ? Desde quando organizar o trânsito de uma cidade é ruim pra população ? Existe uma falta de atuação muito grande da prefeitura na área de educação, saúde e infraestrutura, isso é óbvio, porém é inegavel que o atual prefeito faz muito mais do que os anteriores, é só ver a construção e destravação de projetos de psfs, ubs e upas, além de creches e aumentos de vagas nas unidades existentes (e é ridiculo ver a baixissima participação da população nas audiências públicas sobre esses temas em Cáceres, justamente das pessoas que seriam as mais previlegiadas por tais atitudes). Temos que parar de criticar simplismente por criticar e sim fazer uma reflexão construtiva da nossa cidade

  • por Jr, em 21.01.2019 às 10:35

    Lógicooooooo, não vemos ações dentro do município de conscientização, prevenção, a política hj aqui está resumida em um lado dar emprego político a pançudos com direito a aposentadoria por outro socar multa no povo, comprar frota de carro e pilha de semáforo e radares. Quer mais o que né? Saúde, educação saneamento direitos básicos para que né " politicada meia boca "!

 
Sitevip Internet