Notícias / Polícia

13/03/2018 - 07:50

Gefron mata um e prende 3 em ação contra tráfico de drogas em Porto Esperidião

Por Joner Campos

Gefron

 (Crédito: Gefron)
Policiais do Grupamento Especial de Fronteira (Gefron), prenderam na localidade da Ferrugem no Distrito de Vila Cardoso, em Porto Esperidião (MT), três suspeitos, sendo Mauro Gomes (52 anos), Batista Francisco De Oliveira (31 anos) e Juliane Ferreira De Almeida (35 anos).

Após denúncia anônima os policiais chegaram até a localidade, segundo as informações o acampamento servia para diversas finalidades, dentre elas para o tráfico de drogas, extração ilegal de madeiras e grilagem.

De acordo com os policiais ao chegar nas proximidades do acampamento os militares por pouco não foram atingidos por armadilhas artesanais feitas pelos suspeitos. No acompanhamento estavam Mauro Gomes (52 anos), Batista Francisco De Oliveira (31 anos), Juliane Ferreira De Almeida (35 anos) e uma quarta pessoa que teria evadido do local.
 
O suspeito Batista Francisco De Oliveira (31 anos) ao notar a presença dos policiais evadiu do local e na fuga efetuou disparos com uma Pistola Imbel 9mm contra os militares, que reagiram e atingiram o suspeito.

O outro suspeito não identificado estava de posse de espingarda calibre 12, evadiu do local, já o suspeito alvejado foi encaminhado ao Hospital de Porto Espiridião, porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.
Os suspeitos foram encaminhados para Delegacia de Fronteira (DEFRON), para providências cabíveis.

Comentários

inserir comentário
1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Jose Carlos Rodrigues, em 13.03.2018 às 14:25

    Parabens a este grupo de elite da policia militar, que agem com dignidade na fronteira. Para tirar de circulaçãos estas ervas daninhas, que assolam nossa fronteira, ebem como o pais. Que os mesmos que conseguiram ser presos apodreçam atraz das grandes. Bom que um foi ajustar contas com o diabo, e devem estar ardendol no tidentes dos quirubins do mau, menos um que deixa de acabar com nossos jovens.

 
Sitevip Internet