Notícias / Direto da Fonte

12/03/2018 - 12:32

Incorrigível

Por Da Redação

Enviar para um amigo Imprimir
Definitivamente o prefeito de Cáceres, Francis Maris (PSDB), não tem a menor vocação para política e também para lidar com educação com as pessoas que o cerca. Na base do, uma no cravo e outra ferradura, ele acertou ao demitir sumariamente Roger Pereira da Saúde, por irreguridade quando passou pela Secretaria de Fazenda, mas errou ao fazer uma brincadeira com a vice-prefeita na presença do governador no lançamento da obra do Ganha Tempo. Com a semgraceira que lhe é peculiar, o prefeito desrespeitosamente disse que Eliene Liberato Dias, ‘estava apanhando mais que vaca em horta’, na Secretaria de Educação. Para quem não sabe, vaca que invade horta é sem vergonha por isso que apanha.
 
Traíra
 
Os bastidores políticos de Cáceres aguardam com ansiedade o posicionamento da executiva e dos membros do Solidariedade sobre o ingresso do deputado estadual doutor Leonardo (PSD), na legenda para disputar uma vaga de deputado federal. O Solidariedade integrou a Frente Popular, que Leonardo e seu grupo traiu na disputa da prefeitura na última eleição. O médico Félix Alvares e sua esposa, Janaina, que foi a candidata a prefeita, já avisaram que se Leonardo entrar por uma porta eles saem por outra. Por falar em Leonardo, ele foi humilhado na semana passada pelo prefeito Francis Maris (PSDB), que o ignorou em um evento e pediu votos descaradamente para o vereador Claudio Henrique (PSDB) para deputado estadual.
 
Soberba
 
Ao contrário do que a maioria está achando, eu não acredito que o ex-secretário de Saúde de Cáceres, Roger Pereira recebeu vantagens para favorecer a Unimed em uma renúncia fiscal de ISSQN de mais de R$ 2 milhões. O que o derrubou foi o que ele tem de pior, a soberba. Digo isso porque trabalhei na prefeitura com os advogados Gilberto Costa e Roberto Carlos Ferreira Mendes, e conheço a índole dos advogados Herbert Dias e Luiz Mario Mendes Araújo, por isso posso garantir que eles foram induzidos a erro. Antes de escrever pela última vez sobre Roger Pereira, preciso dizer que ele não é competente como o prefeito tentou fazer acreditar. Uma das provas disso é que a ideia de fazer com que a população busque os PSFs para desafogar o Pronto Socorro foi um fracasso.
 
Bobo
 
Por ocasião da passagem da ‘Tenda dos Milagres’ por Cáceres, o considerado Sinézio Alcântara cobrou sua mídia pessoalmente ao governador Pedro Taques (PSDB). Este para variar, disse que não sabia de nada. Para espanto de Sinézio, ele mandou chamar a secretaria adjunta de Comunicação Ana Rosa que está no evento e essa teve a cara de pau de dizer que estava acertando tudo. Nesse momento tive a certeza mais uma vez que a equipe e os aliados do governador são os grandes responsáveis pelo seu fracasso. Outra prova disso foi o discurso do deputado Leonardo (PSD) em uma reunião na Igreja Batista do Jardim Luiz com a presença do governador. Ele desceu o pau no médico Eduardo Marques, de quem morre de inveja, e disse que o Regional está uma maravilha. Se ferrou porque tinha uma enfermeira presente que desafiou o deputado e o governador a acompanha-la naquele instante ao Regional para ver o caos que se encontra a unidade. Pergunta se os dois foram?
 
Expulsão
 
O crescimento político do vereador mais votado e mais atuante de Cáceres, Cézare Pastorello (PSDB), está gerando ciúmes na classe política da cidade e até em colegas de partido. A postura independente do parlamentar, que sentou o pau na ‘Tenda dos Milagres’ e tirou o cabresto do prefeito do pescoço, pode levá-lo a expulsão do PSDB. A executiva já marcou para este mês uma reunião para tratar do assunto. A mim, Pastorello disse que se fizeram isso será um favor porque segundo ele, não dá para fazer política no partido do governador que levou o Estado ao caos.

Comentários

inserir comentário
13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Sheriff, em 18.03.2018 às 01:32

    Quem vai votar no Leonardo é só esse tal de curujinha pelo jeito, e com certeza é PUXA SACO! Leonardo não fez nada pro nosso municipio rapaz fica só atrás do governador puxando saco também acorda BABA OVO!!!!

  • por Corujinha, em 15.03.2018 às 10:02

    Povo de Cáceres e região realmente não conhece o representante que tem. Depois de 20 anos sem representante e agora querem que resolva tudo em 3 anos! Nãos e resolve e outra, o deputado Dr. Leonardo sempre fez aquilo que lhe cabe como deputado, o resto não depende dele, temos leis que definem o papel de cada um. Procurem saber qual é o papel de um deputado e terão a certeza de que ele fez corretamente o dele!

  • por Joed Luiz, em 14.03.2018 às 14:14

    Caro Orlandir, me desculpa, mas se o Pastorello estivesse filiado no pt, ele estaria sendo execrado sumariamente.

  • por ORLANDIR GONCALVES CAVALCANTE, em 14.03.2018 às 00:21

    Deixem o Pastorello em paz gente! Ele está fazendo por onde! Vejo que está cumprindo o papel de vereador e pronto. Ser postulante a deputado é direito dele! E ele está trabalhando para isso!Quem em sã consciência poderia dizer que ele nao é o mais atuante nesta pifia legislatura? Apesar de ter muita diferenças politicas com o partido e o grupo que ora o apoia somos forçados a reconhecer que ele está sim fazendo a diferença. Ele soube cercar de pessoas que o apoiou e o honrou com votos! Ele não provém de um grupo desunido! Porem como sempre falo, infelizmente não provem de uma plataforma politica popular para Caceres. Como sempre digo, as lideranças politicas em Cáceres se constroem e não são construídas! Só vejo esta fragilidade

  • por Tibúrcio junco pantaneiro, em 13.03.2018 às 21:05

    O Pastorello não ganha mais, nem para presidente de bairro em Cáceres, e ainda pensa em ser deputado estadual ? É muita vaidade ou quer atrapalhar os candidatos a deputado em Cáceres. A meu ver isso é muito ruim para o este vereador

  • por Rafael, em 13.03.2018 às 19:25

    Eu não voto em nenhum, repito NENHUM, vereador que se candidate para outro emprego político ! Nenhum !

  • por Junior, em 13.03.2018 às 12:08

    Resumindo tudo isso que está na matéria e os comentários : cáceres está do jeito que está por causa dos políticos que elegemos, por candidatos não terem compromisso com a população e sim com partidos, siglas que beneficiam o conjunto, por contentarmos com migalhas, restos, por calarmos demais, por sermos tão cegos que quando levantam poeira sai mil elogios e no final, na conclusão, cai no esquecimento é só fica que este ou aquele político da politicagem está fazendo alguma coisa, nos contentamos com pouco, muito pouco , está e a mais pura realidade de um povo que leva lapada no lombo e nunca aprende !

  • por Joed Luiz, em 13.03.2018 às 10:32

    Esse pastorello é um depósito de arrogância e hipocrisia, para ser independente teria que existir o candidato avulso e ter sido eleito com o n° de voto igual o coeficiente eleitoral, ai ele não teria dependido de uma coligação, mas não foi isso que aconteceu ele não teve nem 50% do de votos equivalente o coeficiente, como quer ser independente? Além de precisar de estar filiado em uma sigla partidária para se candidatar ele tem que seguir o estatuto do partido e submeter a hierarquia partidária, caso contrario é expulsão.

  • por Priscila Gomes, em 13.03.2018 às 07:32

    Trocando o assunto da água para o vinho, você já reparou Gonzaga na escuridão que nossa cidade esta? Até no centro da cidade tem postes com a luz queimada. Será que a taxa de iluminação publica esta sendo desviada para pagamento de servidores? Ou será que não tem ninguém pra fazer essa troca? pelo que me lembre, foram comprados caminhões pra fazer essa troca, e agora falta o que?

  • por Tibúrcio junco pantaneiro, em 12.03.2018 às 22:24

    Só Deus na causa mesmo, acho no meu ver que para ser uma política limpar sem querer beneficiar o próprio ego e bolso estes vereadores que querem se candidatar a deputado por traição aos anseios de uma Cáceres melhor deveriam abrir mãos de suas candidaturas e construir um projeto político em prol de toda população cacerense, pois o certo é Dr Leonardo deputado federal e Prof Adeus no Silva deputado estadual e a nossa cidade estaria representada nas esferas estadual e Federal e assim juntos poderiam contribuir para buscar recursos queCáceres precisa para seu desenvolvimento.

Mais comentários
 
Sitevip Internet