Notícias / Politica

13/09/2017 - 08:24

Com aval de doutor Leonardo, Consórcio de Saúde assumirá o Hospital Regional

Por Jardel P. Arruda/Assessoria de Imprensa/Deputado Dr. Leonardo

Enviar para um amigo Imprimir

Assessoria

Secretário de Saúde Luiz Soares e o presidente do Consórcio, Ronaldo Floreano dos Santos (Crédito: Assessoria)

Secretário de Saúde Luiz Soares e o presidente do Consórcio, Ronaldo Floreano dos Santos

O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste de Mato Grosso (CISOMT) vai assumir o gerenciamento do Hospital Regional de Cáceres a partir do dia 1º outubro, no lugar Congregação Santa Catarina, cuja gestão encerra no fim de setembro. Com isso, as cerca de 400 mil pessoas dos 24 municípios que tem a unidade como referência não ficarão sem atendimento nem um dia.
 
O Termo de Convênio entre o CISOMT e a Secretaria de Estado de Saúde foi assinado na manhã desta terça-feira (12),  na sede da SES. Conforme o documento, a gestão do Hospital Regional de Cáceres será compartilhada, cabendo ao Estado o pagamento dos servidores de carreira e manterá o repasse de recursos, que por sua vez serão administrados pelo consórcio.
 
Esse acordo foi costurado em reunião na segunda-feira (11), em reunião realizada com a interlocução do deputado estadual Dr. Leonardo Albuquerque, entre o presidente do CISOMT, prefeito Ronaldo Floreano, de São José dos Quatro Marcos, e o secretário de Estado de Saúde, Luiz Soares.
 
"Na busca de solução para garantir o atendimento e não ficar nenhum dia sem atendimento, será uma gestão compartilhada. Ou era nós, ou o caos. A gestão é do Estado, Secretaria de Saúde, e o gerenciamento do CISOMT. Lembrando que a gestão, o hospital, o patrimônio, é do Estado. Somente a gerencia, manter as metas e políticas públicas determinadas ficará a cargo do CISOMT", afirmou o deputado Leonardo Albuquerque.
 
A duração do convênio é de até 24 meses, podendo ser interrompido antes caso o Estado adote nova forma de gerenciar todas as unidades estaduais de saúde. Até o dia 30 de setembro, equipes da SES e do CISOMT vão trabalhar na transição da administração.
 
Os funcionários serão selecionados através de processo seletivo. De acordo com Ronaldo Floreano, parte dos atuais contratados pode ser aproveitada. Além disso, os diretores deverão ter experiência com administração pública.
 
"Por iniciativa do deputado Dr. Leonardo, junto ao governador do Estado e o secretário de Saúde, foi feita a assinatura do termo de convênio para que o consórcio faça o gerenciamento do Hospital Regional de Cáceres. O consócio vai formar uma equipe de administração hospitalar que tenha know how, expertise e experiência adequada para fazer o atendimento e gerenciamento para que os serviços possam ser melhorados e as ofertas ampliadas", garantiu Ronaldo.
 
O municípios atendidos pelo consórcio são Araputanga, Cáceres, Curvelândia, Figueirópolis, Gloria D´Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari D´Oeste, Mirassol D´Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu, São José dos Quatro Marcos, Campos de Júlio, Comodoro, Conquista D´Oeste, Nova Lacerda, Pontes e Lacerda, Vale de São Domingos, Vila Bela da Santíssima Trindade e Rondolândia. Os municípios bolivianos San Matias e San Ignacio de Velasco também são atendidos.

Comentários

inserir comentário
6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Paulo Renato, em 14.09.2017 às 08:29

    Mais um esquema para que os nossos politicos embolsem propina para a próxima campanha.Bem feitos para esses idiotas que votaram nessa figura de pésssimo político.Deve nomear o DA SILVA com diretor do hospital para completar o serviço.

  • por ROBINHO, em 13.09.2017 às 20:27

    kkkkk as mas línguas dizem que esse prefeito de 4 Marcos não entende nada de administração. Deixou os maquinários sem consertar e contratou empresa para arrumar estrada aderido uma ata de um milhão de reais.... O povo de 4 Marcos falam que ele inchou a folha de pagamento colocando apadrinhados e parentes onerando o seu município, por fim teve que mandar embora secretários e professores por watzap... Olha lá se ele não vai colocar seus apadrinhados que teve que mandar embora da prefeitura...

  • por marionely viegas, em 13.09.2017 às 13:46

    Se com pessoas que atuam no ramo deu no que deu, imagina agora isso nas mãos de politicos. Vai dar merda, é só esperar para ver. E mais uma vez o povão vai pagar o pato rsssssssss

  • por manezinho, em 13.09.2017 às 12:49

    Infelizmente o hospital que vinha sendo administrado pela Cong. Santa catarina por sinal era bem administrada. Não sei porque essa troca, talves seja para favorecer algum grupo politico ,ai voce já viu vai dar merda. Porque o mundo politico só se envolve nun caso desse se tiver algum favorecimento. Esperamos que tenha pessoas com compentencia pura para administrar um gigante desse e não faca nenhuma baianada.

  • por Junior, em 13.09.2017 às 10:40

    Rum! Todo início e assim, análise rigorosa, blá-blá-blá .... depois, relaxo ! Espero mesmo que não aconteça urso-cinzento esse novo consorcio dr Leonardo pq não esqueceremos que o Sr está em frente à tudo isso, elegemos o sr para que resolver e não complicar, esperamos que solucione mesmo e tire as dificuldades do regional e não adquira !

  • por Servidora, em 13.09.2017 às 09:50

    Espero que os funcionários sejam mesmo selecionados através de seletivo rigoroso e este torne se publico para que todos possam participar!

 
Sitevip Internet