Notícias / Direto da Fonte

07/08/2017 - 15:44

Prefeita

Por Da Redação

Enviar para um amigo Imprimir
Dando sinais de que pode sair uma dobradinha Francis Federal e Túlio Estadual, o prefeito de Cáceres, iniciou o processo de deixar a vice-prefeita Eliene Liberato Dias (PSBD), ir treinando para assumir a prefeitura a partir do ano que. Minha única preocupação em relação a isso é o salto alto. Um colega de imprensa e até um importante assessor do prefeito, amigos da vice, dia desses observaram que ela parece ter sido picada pela mosca azul. A mesma mosca que costuma vitimar algumas professoras que assumem a Educação. A partir daí passei a observar e também percebi, porém em dose pequena, ainda. Inevitavelmente cometei isso com o padrinho político de Eliene que saiu em sua defesa. Reiterei a preocupação, citando como exemplo o fato de ela, assim como alguns Negros, levar para o lado preconceituoso, à brincadeira de ser chamada por mim de ‘Terra Seca’. Meu pai era cearense e como muitos outros amigos nordestinos, nunca viram o fato desta forma.
 
Culatra
 
Em dobradinha com Túlio, Francis vai ter que engolir críticas do passado, como as pela não conclusão de obras. Há cinco anos no poder, ele ainda não deu conta de terminar obras deixadas pelo ex-deputado federal Pedro Henry na gestão do ex-prefeito Ricardo Henry, há dez anos. Pimenta no dos outros é refresco!
 
Assédio
 
O presidente do PR de Cáceres, Júlio César Borges, o Júlio da Semelc, manifestou a Coluna o desejo de ter o Oncologista Eduardo de Lima, como candidato à deputado estadual no ano que vem. A revelação veio um dia depois que Eduardo publicou em sua fanpage no Facebook que não é, e não será candidato no ano que vem. Para alguns interlocutores políticos ouvidos pela Coluna, a negação é uma estratégia para evitar queimação e assédio dos malas da política local, os órfãos dos ex-deputados doutor Leonardo (PSD) e Adriano Silva (PSB), que já tem dia e hora para perderem a teta.
 
Mortos
 
A ZPE, que já enterrou os Lacerda em Cáceres, está sepultando lentamente Adriano Silva (PSB), doutor Leonardo (PSD) e o governador Pedro Taques (PSDB). Contribuíram para a morte precoce, o asfalto da MT 343, a reforma do Aeroporto Nelson Dantas e as revitalizações da Avenida Tancredo Neves e Sete de Setembro. Fico imaginando a cara de Leonardo e Adriano ao passarem pela Tancredo Neves depois de outubro do ano que vem, e verem que foi ela que ajudou a acabar com suas breves carreiras políticas.
 
Torcida
 
Em função do desgaste desnecessário absorvido pela Câmara de Cáceres recentemente por conta do retorno do recesso de meio ano, o vereador Cézare Pastorello (PSDB), vai apresentar uma Lei acabando com o rodizio de vereadores estabelecido por uma Lei apresentada pelo ex-vereador Cabo Pinheiro (PSB), depois que ele perdeu a reeleição. Se passar, a proposta vai enterrar as esperanças de um caminhão de suplentes de pegar uma boquinha no holerite do legislativo.
 
Tristeza
 
Assim como Marcinho Lacerda (PMDB), o professor Domingos dos Santos (PSB), caminha para terminar o mandato de presidente da Câmara de Cáceres, com a fama de mal administrador. No caso de Domingos, ainda vai levar a pecha de ‘Marionete’, por não ter pulso. Outro que não deve ter vida longa na Câmara é Wagner Barone (PTN), do bairro DNER. Ele foi eleito o metido e antipático do mandato. Um vereador fonte da Coluna, disse que se Cleude Castrillon (PTN), ‘não abrir’ Barone, vai pelo mesmo caminho.
 
Secou
 
Está chegando ao fim uma história de quase quarenta nos. A Trans Jaó que por quase quatro décadas explorou as ligações intermunicipais e rurais da região de Cáceres, vendeu suas linhas para Real Norte, que também já explora linhas na região há décadas. Como antecipei aqui neste espaço, o fim da Jaó está ligado ao fato de ter perdido a tetona de milhões do transporte escolar em Cáceres que comandava há anos, que era de fato o negócio que mantinha a empresa. 

Comentários

inserir comentário
4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Lucio, em 08.08.2017 às 16:13

    Cada dia que passa tento entender menos da politicagem de cáceres para não me estressar, já basta problemas particulares ainda tenho que preocupar para quem vou dar emprego com meu voto para ficar 4 anos coçando ? Já basta os vereadores daqui

  • por Sergio, em 08.08.2017 às 11:16

    Pra mim dobradinha é bucho, bucho lembra bucha, bucha mesma coisa que levar rosca, se brincarem, ficarem de olho grande, em conseguirem um emprego político e não olhar por caceres quem vai levar até encostar de novo é nosso município, pq como o amigo disse, siglas só olham o lado dela e nós sabemos qual é, político que vai na onda de sigla ou que tem um olho grande e não candidata para trabalhar de verdade que tomem vergonha e pense mais em cáceres que está acaba e mal paga

  • por Estamos de Olho, em 08.08.2017 às 00:50

    1. Seriamente Cáceres caminha pra mais uma vez não ter representação Estadual, primeiro que os dois deputados “Leo e Dri” perderão seu tempo com ZPE e com Milhao da Unemat, a FAESPE ainda irá levar muitos pro “xilindro.” 2. Nada contra o Tulio Fontes, até pq o pai dele deixou grande legado a Cáceres, mas o filho só tem os votos daqueles do qual admiravam seu Pai, na região a fora não tem força pra sobressair e se eleger com as próprias pernas, será apenas usado para fazer o voto da Legenda. 3.Vejo a força de pré candidatos da região como Túlio Casado e Lair Mota, Túlio precisa apenas intensificar suas andanças pra se concretizar sua vitória. 4. Ainda tenho por mim que Francis não vira ser o candidato tão sonhado por todos, até pq gostaria de ver Francis candidato a Senador e Pastorello a Federal, essa dupla iria longe, porém as convenções partidárias podem tirar um ou outro do pário. 5. Já a questão do Rodizio dos vereadores é importante aprovar, até é dinheiro a menos a se gastar. Se licenciar apenas pra cumprir acordos políticos????

  • por Maria Angela, em 07.08.2017 às 17:10

    IMPRESSIONADA COM O MAL DA MOSCA AZUL NA EDUCAÇÃO.....KKKKK VAMOS VER OS RUMOS DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL ONDE VAI PARAR...

 
Sitevip Internet