Notícias / Polícia

06/08/2017 - 06:20 | Atualizado em 06/08/2017 - 06:25

Em Cáceres, cansada de apanhar, mulher 'mete' a faca no marido

Por Joner Campos

Enviar para um amigo Imprimir

Ilustração

 (Crédito: Ilustração)
Um homem de 33 anos sofreu uma tentativa de homicídio pela própria esposa após espancá-la, no bairro Marajoara em Cáceres.

Segundo testemunhas, as agressões eram constantes, e cansada de apanhar, a mulher utilizou uma faca para sessar as agressões.


Segundo a Policia Militar os vizinhos ouviram o clamor de uma pessoa pedindo socorro, e que ao chegar ao local os PMs tiveram que pular o muro, pois a vítima estava bastante debilitada devido ao sangramento.

A guarnição do Corpo de Bombeiros fez o resgate da vítima, que foi imediatamente encaminhada ao Hospital Regional de Cáceres, segundo informações a vítima Renan Crespo Pretel (33 anos) estava com um corte profundo em seu pescoço.

Os policiais realizaram busca pela autora do golpe, a suspeita Betânia Pereira dos Santos (33 anos), porém a mesma não foi encontrada e nem a arma do crime.

A mãe de Renan Crespo Pretel, contou aos policiais que sua nora tinha relatado, que não aguentava mais apanhar do seu esposo, e que hoje pela manhã começaram novamente as brigas, o casal que mora no bairro Marajoara, teria iniciado uma discussão por volta das 6h deste sábado (23), quando Renan teria retornado da rua, e começado as agressões.

De acordo com uma testemunha, se ouviam pedindo socorro, "Os gritos por parte dela eram intensos, pedindo socorro e que alguém a ajudasse", explica.

Segundo os relatos contidos no Boletim de Ocorrência, o casal convivia a três meses, quando o esposo Renan Crespo Pretel, teria saindo da Cadeia Pública de Cáceres.

Ainda de acordo com a genitora da vítima, relata que também foi agredida nessa manhã pelo seu filho.

Um fato relatado no BO, em que chamou a atenção da Guarnição da Policia Militar, assim como a Guarnição do Corpo de Bombeiros, e que as narinas do esposo Renan, estariam esbranquiçadas, aparentando estar sob efeito de entorpecentes.

Até o fechamento da matéria ainda a suspeita não havia sido localizada.

Comentários

inserir comentário
0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet