Notícias / Direto da Fonte

12/06/2017 - 12:40 | Atualizado em 12/06/2017 - 12:50

​Fatura

Por Da Redação

Enviar para um amigo Imprimir
O presidente da Câmara de Vereadores de Cáceres Domingos dos Santos (PSB) começou a ser pressionado a cumprir o acordo que o levou ao comando do legislativo.  O grande articulador da sua vitória, Zé Eduardo Torres (PSC), quer assumir a presidência a partir de janeiro próximo. Domingos deve estar com ‘c na mão’, porque Zé Eduardo tem fama de valentão, daqueles que mete bala em todo mundo.
 
Ajustando
 
Por falar em ‘c na mão’, aquele rapaz da cota de Zé Eduardo que não tinha nível superior e foi nomeado para chefe de gabinete da presidência, foi retirado preventivamente da função. Recai sobre a Mesa Diretora da Câmara a suspeita de uma manobra no regimento interno para acomodar o rapaz que cuida das redes sociais de Zé Eduardo.  Na chefia de gabinete assumiu Ricardo Curvo Filho, também da cota de Zé Eduardo. Quem era da cota de Zé Eduardo e deixou a Câmara foi a humorista ‘Bastiana Cacerense’.
 
Previsível
 
Os vereadores Dênis Maciel e Elias Pereira, do PT do B, de Nilson da UCAM, Enézio Mariano e Geraldo Leão, já fizeram o que eu previ que fariam. Passaram de oposição a situação na medida do ronco do estômago. Apesar da ‘compra’ dos dois, os governistas ainda não possuem maioria absoluta já que Cézare Pastorello (PSDB), decidiu virar o arreio e ter postura independente.
 
Feio
 
O efeito devastador da imagem da classe política brasileira chegou à Cáceres. No final de semana tivemos dois episódios que ilustram bem isso. Em evento no IFMT, o senador Wellington Fagundes (PR) e o deputado Federal, Ezequiel Fonseca (PP), foram hostilizados por um servidor do instituto. O Festival de Pesca que sempre foi um desfile de políticos, este ano não teve literalmente ninguém. Nem o secretário ajunto de Turismo do Estado, Luiz Carlo Nigro apareceu.
 
Caixão
 
Essa situação vai ter reflexo na eleição do ano que vem. Se Taques insistir em reeleição vai tomar pau. A única salvação para o grupo que comanda o Estado atualmente é o vice, Carlos Fávaro, xodó da turma da soja, que tem bala na agulha para bancar as eleições. Essa situação, associada a não conclusão das obras da MT 343, ZPE e reconstrução da Tancredo Neves, vai inviabilizar a reeleição de doutor Leonardo (PSD) e Adriano Silva (PSB).
 
Vacilo
 
O presidente do Sindicato dos Servidores do IFMT Cáceres, Saulo Nobre, está sendo acusado de usar ilegalmente o carro, carreta, barco e motor da instituição para participar como pescador do Festival de Pesca. Corre boatos que ele tem nome na lista da comissão de fiscalização do Festival. Se isso for verdade, tem que fincar o ferro nele sem dó. Tenho certeza que o atual diretor do IFMT, Salmo César não deixará isso barato.
 
FIPe
 
Por falar em Festival de Pesca, o evento atingiu seu ponto de maturação. Está na hora da prefeitura passá-lo para o Comtur. O evento é um produto turístico consolidado que precisa ser administrado por profissionais. Nada contra a gestão de políticos, mas cada macaco no seu galho.
 
Indo
 
Em Cáceres, diferente das cidades com vocação agrícola, o desenvolvimento econômico é mais lento, mas ocorre. Neste momento dois condomínios, uma na cidade e outro nas margens do rio Paraguai, mexem com economia do município. O condomínio na cidade, o primeiro horizontal, fica próximo ao Iate Clube.
 
Campanha
 
A oposição colocou mais um candidato na rua na sucessão da reitoria da Unemat. A professora Edna Sampaio, que já disputou o cargo e perdeu por poucos votos já é vista em pré-campanha. Outro pré-candidato é o professor cacerense Dimas Santana Neves. Para oposição ganhar basta juntar todas as correntes de esquerda, especialmente a turma que tem pânico de chuveiro.

Comentários

inserir comentário
6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Oeste. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Jornal Oeste poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Maria de Fátima, em 13.06.2017 às 07:52

    Impressionante, cada dia que passa, eles se superam mais e mais e mais e mais.

  • por Renato F, em 13.06.2017 às 06:05

    Não sei se é apenas eu mais não consigo terminar de ler sobre essa politicagem nojenta que caceres tem, ao invés de estarem fazendo pelo menos projetos para ajudarem a população, ficam com briguinhas e conversinhas sem nexo para arrumar o próprio umbigo, aliás, como sempre. Quem diria esse política chegar ao ponto de dar ânsia de vomito apenas em ler uma matéria com muitos nomes e poucos resultados, muito salário para pouco trabalho, muitas caras para pouco óleo de peroba.

  • por Marcia Baldo Nobre, em 12.06.2017 às 21:22

    Saulo Nobre... Presidente do Sinasefe. Achar que o ex-vereador vai puni-lo é ilusão. Saulo tem costa quente, mora dentro da Escola Agrícola a anos e nunca pagou energia, água e internet e de pouco frequenta seu ambiente de trabalho. Além disso, costuma viajar com sua mulher para cidades turísticas com dinheiro do sindicato, sobre alegação de participar de eventos sindicais. É o exemplo da ineficiência e da corrupção na máquina pública.

  • por Academico, em 12.06.2017 às 20:36

    Em relação a sucessão na Unemat, embora a atual gestão não esteja atendendo todos os anseios da comunidade acadêmica, tem sido integra, ao consultar os conselhos da Universidade, fato não realizada nas gestões anteriores, quanto aos nomes citados como postulantes ao cargo, fica uma incógnita, como uma professora com regime de dedicação exclusiva na Universidade, lotada no campus de Cáceres, reside em Cuiabá, e um outro professor no mesmos regime de trabalho, mais tumultua do que trabalhar (ver currículo lattes), dessa forma acredito em renovação, mas com os nomes citados só teremos retrocesso.

  • por Fabiano, em 12.06.2017 às 18:15

    Ehhhhh politicagem cacerenses hein! Entra e sai esse ou aquele e as coisas não melhoram, só articulam para o próprio umbigo, tá difícil viu! E os vereadores rapaziada que não se escuta falarem nesse povo a não ser articulações e mais articulações ! Está aí para quem apostou que renovação resolveria alguma coisa .... só espero que não tentem implantar a lei coronelismo do pantanal, por Deus hein, porrrr Deus !! O povo está desiludido, decepcionado com esse povo por demais, nas ruas só escutamos lamentações, reclamações de quem elegemos e até agora não virou p.... nenhuma

  • por Junior, em 12.06.2017 às 14:54

    1- para que assumir se o resultado será igual a qualquer um ! Salário e o motivo ? E venha cá, voltou a época do coronelismo ?? Meter bala em todo mundo ? Será que esse é o mesmo perfil desse vereador ? Mete bala então nos trabalhos e aproveita e faz alguma coisa por quem meteu vc aí dentro ! 2- isso não é ilegal ? Cadê alguém de coco para fiscalizar isso ? Será que estes vereadores estão mesmo fazendo o que querem ? 3- Passaram de oposição a situação na medida do ronco do estômago.( precisa alguém falar mais alguma coisa ?) 4- Lógico, o povo largou de engolir ladainha e estão reagindo a boca mole de promessas e placas, só lembram daqui para arrecadarem votos para encherem pança! 5- besta quem entrou nesse barco furado, que cara devem estar agora em defender ze promessa ?6- acho é pouco, aliás aqui em cáceres tem muito bonitinho dando um de celebridade as custas do que não é dele ! 7- rum... quero só ver ! 8- será ? 9-a velha corrida a adm da unemat, resultado final todos sabemos !

 
Sitevip Internet